Rede de jovens soropositivos abre inscrições para encontro em Recife

Notícias
6 de maio de 2015
por Genilson Coutinho

HIV_cc-470x352

Estão abertas as inscrições para o 7ª Encontro Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/AIDS da Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/AIDS – RNAJVHA.

A RNAJVHA – Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/AIDS  torna público o edital de seleção de adolescentes e jovens vivendo com HIV/AIDS de todo o Brasil para o VII Encontro Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/AIDS, que será realizado na cidade de Recife, no estado do Pernambuco, nos dias 10, 11 e 12 de julho de 2015.

O encontro será realizado com o apoio do Departamento Nacional de AIDS e Hepatites Virais (DDAHV) do Ministério da Saúde e pretende reunir cerca de 100 participantes em sua sétima edição, entre adolescentes, jovens, comissão organizadora, facilitadores e colaboradores. A sede foi escolhida com base no último encontro nacional, que aconteceu em 2013 em Brasília. O tema dessa edição do encontro é “Tempo de recomeçar”, visto que a rede passou por uma desarticulação e um enfraquecimento nos últimos dois anos e, através desse encontro, pretende retomar sua incidência e protagonismo na luta contra AIDS.

Dentre as prioridades para esse encontro estão discutir questões relacionadas ao controle social no âmbito do HIV/AIDS no SUS, ressaltando a importância do jovem estar inserido nos conselhos de saúde; proposição de políticas públicas para a juventude, com enfoque especial para o direito à saúde; fortalecimento das bases de atuação da RNAJVHA, no âmbito local e regional, reforçando a necessidade de realizar intervenções estratégicas, contemplativas e voltadas para a construção coletiva, seguindo a carta de princípios da RNAJVHA. Outro aspecto importante será discutir um modelo de trabalho nacional, que abarque as necessidades das bases em todo território nacional, e permita que seja construído e traçado um plano estratégico de trabalho para os próximos dois anos, quando acontecerá o próximo encontro.

Além do viés político já mencionado, o encontro terá um papel fundamental para restabelecer a dinâmica dos trabalhos de base voltados para o acolhimento, ajuda mútua e convivência, objetivando discutir o modelo organizacional da RNAJVHA com o intuito de estabelecer uma rede baseada na solidariedade e que consiga acolher os adolescentes e jovens vivendo com HIV/AIDS do Brasil. Epidemiologicamente falando, esse encontro é de suma importância, uma vez que os jovens de 15 a 24 anos são os mais afetados em relação ao número de novos casos de infecção pelo HIV, uma vez que de acordo com o último boletim epidemiológico  o número de jovens vivendo com HIV cresceu 32%, analisando o período de 2004-2014.

 

Para a atual coordenadora nacional da RNAJVHA, Manuela Estolano, o VII ENAJVHA será um momento de reconstrução e reorganização: ” Sei que a RNAJVHA passou e passa por momentos de fragilidade. Mas é nessa hora que devemos nos unir e recomeçar de mãos dadas, não deixando a esperança morrer e acreditando que dias melhores virão, rumo ao recomeço da nova construção da RNAJVHA.”

O coordenador do projeto do VII ENAJVHA, Diego Callisto, acredita que o encontro será estratégico na resposta ao cenário de juvenização da AIDS que o país vive: ” Escrevi esse projeto do VII ENAJVHA com muito carinho, não só pela RNAJVHA e minha trajetória nela, mas pelos adolescentes e jovens que dela fazem parte e têm no ENAJVHA um norte para determinar a forma de conduzir os trabalhos na temática do HIV/AIDS. Acredito muito no poder e na força da juventude, penso que esse encontro será fundamental para reconfigurar a mobilização dos jovens vivendo com HIV enquanto rede nacional e permitir que a RNAJVHA fortaleça seu protagonismo e sua incidência.”

As inscrições para o VII ENAJVHA estarão abertas de 04 a 24 de maio, e o resultado final dos selecionados será divulgado no dia 31 de maio.

Dúvidas referentes ao encontro podem ser enviadas para o email oficial da comissão organizadora:

enajvha@gmail.com

As inscrições podem ser feitas aqui.