Recife recebe a 15ª Parada da Diversidade neste domingo (18)

Notícias
18 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

As comemorações do Setembro da Diversidade continuam com fervor na Capital Pernambucana. Neste domingo (18), será a vez da 15ª Parada da Diversidade espalhar lições de amor, respeito e igualdade nas ruas do Recife, com concentração no Parque Dona Lindu, às 9h.

A ação, que vai reunir pessoas de diferentes orientações sexuais, identidades e expressões de gênero, contará com a saída de 12 trios elétricos, às 12h40, com a dispersão depois da Padaria Boa Viagem, um dos trios será especialmente estilizado pela Uber. Com o tema “Democracia fora do Armário” o evento pede que a garantia dos direitos do grupo LGBT saiam dos armários.

“A parada é o momento de a comunidade LGBT sair dos armários e gritar para a sociedade que precisamos ter a garantia dos nossos direitos, e não só ter deveres, já que pagamos os mesmos impostos”, ressaltou a coordenadora do Fórum LGBT de Pernambuco, Rivânia Rodrigues. A expectativa é de que aproximadamente 600 mil pessoas estejam na Avenida Boa Viagem para curtir o evento, que contará com homenagens, fala dos apoiadores e muita música.

A transexual e organizadora da Parada da Diversidade, Chopely Santos, comentou que o evento é um convite à população para confraternizar a existência de ser LGBT. “Também é um convite para que o poder legislativo, executivo e judiciário incorpore a luta a favor da cidadania do grupo, queremos lei de igualdade de gênero, lei de combate a homofobia e a reestruturação das políticas LGBT que andam muito perdidas”, comentou.

Durante a festividade, cerca de 13 mil preservativos (masculinos e femininos) e 10 mil sachês de gel lubrificante serão distribuídos aos participantes do evento, um folder com dicas importantes de prevenção, e a listagem de endereços dos centros municipais de testagem e aconselhamento, também vão estar disponíveis ao público no trailer do projeto ‘Quero Fazer’, na Avenida Boa Viagem, a partir das 10h, próximo ao Parque Dona Lindu.

A iniciativa é do Programa Estadual de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids), da Secretaria Estadual de Saúde (SES), em parceria com a ONG Aids Healfcare Foundation (AHF). Segundo a SES, a cada seis horas uma pessoa se infecta com HIV, em Pernambuco. Por ano, 1,5 mil novos casos são diagnosticados. De 1983 até agosto deste ano, o Estado registrou 23.734 casos de Aids, sendo 15.360 no público masculino e 8.374 entre as mulheres.

Violência

De acordo com um levantamento feito pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através das denúncias feitas ao Disque 100, no ano de 2015, o Brasil registrou o maior número de crimes contra a comunidade LGBT. Dados do Disque 100 mostram que, 318 homicídios foram cometidos contra gays, travestis, lésbicas e bissexuais, no ano passado. Os dados desse ano ainda não foram calculados pelo órgão.