Psicóloga Marisa Lobo tem licença cassada no Paraná

Comportamento, Social
25 de maio de 2014
por Genilson Coutinho

 

A psicóloga, Marisa Lobo teve seu registro cassado pelo Conselho Regional de Psicologia do Paraná após ser acusada de infringir o Código de Ética da categoria e oferecer a “cura gay” aos seus pacientes.

A ex psicóloga, protestante, seguidora da Igreja Batista e amiga do inimigo dos gays, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), diz que sofreu “perseguição religiosa”. Marisa afirmou à imprensa que os conselheiros foram unânimes na sua condenação, que aconteceu no dia  (16).

A entidade responsável pelos profissionais de psicologia do Paraná afirmou que não se pronunciará até o resultado do julgamento, pois o processo corre em sigilo e Marisa recorreu ao Conselho Federal de Psicologia.

“Tenho um grupo de 49 amigos ex-gays no Whatsapp e um grupo no Facebook com mais de 150 ex-gays. São pessoas que existem, e eu, como psicóloga, não posso dizer que eles existem sem ser acusada de homofóbica”, delirou Marisa ao portal UOL.

Mesmo com o seu registro cassado, Marisa pretende se candidatar à deputada federal pelo PSC do Paraná, partido de seu amigo e mentor Feliciano.