Proteja o Gol diagnostica 35 casos de HIV em Salvador

AIDS em pauta, Comportamento, Social
3 de julho de 2014
por Genilson Coutinho

Foto_Ascom_SMS_Proteja_o_Gol_04

Cerca de 1,1 mil testes rápidos para detecção do vírus HIV e mais de 300 mil preservativos distribuídos. Esse é o saldo da campanha Proteja o Gol que está sendo realizada durante a Copa do Mundo em Salvador, sempre nos dias da Fan Fest. Nesta sexta (04) e sábado (05), os cerca de 30 profissionais de saúde que atuam na unidade móvel instalada na Barra (cruzamento da Av. Marquês de Leão com a Rua Dias D’Ávila) continuarão trabalhando no em torno da festa distribuindo materiais educativos e camisinhas, além de incentivarem o diagnóstico precoce, colaborando com a interrupção da cadeia de transmissão da doença sexualmente transmissível (DST). Do total de exames realizados até o momento, 35 tiveram diagnóstico positivo, sendo todos encaminhados para tratamento na rede de referência. O serviço começa a funcionar ao meio-dia.

Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus. Para enfrentamento da Aids, a Secretaria Municipal da Saúde ampliou nesta gestão de 33 para 96 unidades o número de unidades de saúde que realizam o teste rápido para detecção do HIV. Além disso, capacitou mais de 260 profissionais entre médicos e enfermeiros da atenção básica para a realização desses testes.

Outra importante ação desenvolvida pela Prefeitura acontece no período do Carnaval. O Fique Sabendo, como é intitulada a iniciativa, faz parte das ações prioritárias de saúde devido à vulnerabilidade a que estão expostos os homens e mulheres, sobretudo os adolescentes, durante a festa momesca. Somente este ano, foram feitos mais de 4.280 testes rápidos e distribuídas mais de 1,7 milhão de camisinhas durante a festa.

Foto: Ascom/SMS