Proprietária do bar LGBT atacado seis vezes em Salvador, conta tudo sobre o caso no canal de Genilson Coutinho no YouTube. Confira!

Comportamento, Social
21 de maio de 2018
por Genilson Coutinho

Genilson Coutinho e Rose Silva

Rosy Silva, proprietária do Caras e Bocas, um movimentado bar na Avenida Carlos Gomes, centro de Salvador, vem protagonizando uma triste realidade: seis ataques ao estabelecimento em apenas três meses de funcionamento, segunda ela, todos motivados por homofobia. Desde o primeiro caso, Rosy e sua companheira procuraram órgãos responsáveis para que junto à justiça pudessem apontar o autor dos crimes, mas o caso segue sem solução.
Genilson Coutinho, militante que estreou canal no YouTube recentemente para falar sobre temas acerca da comunidade LGBT, recebeu a proprietária do bar para falar sobre o ocorrido com detalhes. Para ele “é importante falar sobre mais um caso na Bahia que segue sem uma solução efetiva, sem apuração minuciosa para apontar culpados e fazer justiça, assim como é o caso de Itamar, assassinado na área do Campo Grande, de Leonardo Moura, encontrado morto no Rio Vermelho, dentre outras vidas de LGBTs que são tiradas e os culpados não são punidos!”
No mês de luta contra a homofobia e qualquer tipo de violência contra LGBTs, as redes sociais também são palco de discussão, compartilhamento de informação e solidariedade. Uma vaquinha está sendo feita para pagar os custos de reforma e reforço da segurança para o bar Caras e Bocas. Qualquer pessoa pode contribuir através do link:
Genilson compartilha formas de denuncia, órgãos responsáveis e dados sobre a violência contra LGBTs no Brasil no vídeo que vai ao ar às 20h desta terça, 22, em seu canal. Link para inscrever-se: