Projeto expõe relatos de mulheres sobre assédio no Campo Grande

Comportamento, Social
23 de agosto de 2016
por Genilson Coutinho

Foto: Reprodução Facebook

Acontecerá em Salvador entre terça-feira (23) e quinta-feira (25) o projeto  Tô Na Rua, mas não sou sua. Com objetivo de expor casos de assédio sofrido pelas mulheres nas ruas de Salvador, a intervenção pública gratuita acontece na Praça Campo Grande, das 11h às 17h.

A produtora cultural e idealizadora do projeto, Larissa Novais, explica que foram coletadas 10 histórias de diferentes mulheres, que contam com suas vozes e emoções um caso de violência sofrido nas ruas, falam como se sentem em relação ao assédio e direcionam uma mensagem aos homens que realizam essas ações cotidianamente.

“O objetivo é discutir o assédio sofrido nas ruas e potencializar o alcance das vozes femininas através da ocupação do espaço público. O projeto pretende gerar uma reflexão sobre o tema, gerando a percepção de que “cantada de rua” não é elogio, não é algo normal e aceitável”, explica Larissa.

O Tô na Rua, mas não sou sua foi idealizado para um trabalho de Conclusão de Curso de Produção Cultural da Universidade Federal da Bahia, que uniu a inquietação da estudante com os assédios sofridos cotidianamente com a sua percepção de que é necessário ocupar os espaços públicos, local que esse tipo de violência acontece, para potencializar as ações que lutam pelo direito e espaço da mulher.