Projeto “Deixa Eu Dançar” acontece neste fim de semana em Salvador

Arte e Exposições, No Circuito
23 de abril de 2018
por Genilson Coutinho

Foto: Warney Junior e Marcela Abubakir, por Nete Teixeira

A dança de salão permeada pela linguagem teatral dá corpo ao espetáculo “… 6, 7, 8”, do coreógrafo baiano Warney Junior, um dos pioneiros deste estilo de dança em Salvador. Esta será a segunda vez que a capital baiana terá uma performance com o selo do projeto “Deixa Eu Dançar”, no dia 26 de abril (quinta-feira), às 20h, em apresentação única na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA).

As coreografias apresentadas procuram realizar uma espécie de “saudação à dança”, retratando a sua presença em diversas dimensões da vida, como na sala de aula, no palco, no cinema, na televisão, na balada, na manifestação popular e no baile, enfim, no dia-a-dia das pessoas. “O espetáculo busca, acima de tudo, afirmar que a dança, enquanto linguagem artística e sua consequente utilização em forma de produto artístico, é extremamente democrática e completamente acessível a todas as pessoas, independente de exigências estéticas e etárias”, afirma Warney Junior, que assina o roteiro, coreografia e direção de “… 6, 7, 8”.

No palco, Warney estará acompanhado por 28 dos seus alunos de dança de salão. Contará também com a participação de alunas do Ballet Rosana Abubakir e ainda 36 integrantes de 10 grupos de valsa de Salvador, jovens da periferia da cidade, que há cerca de 15 anos desenvolvem trabalhos artísticos com a dança de salão.

O espetáculo “… 6, 7, 8” será apresentado em um único ato, com duração de 1h. Com um clima alegre e vibrante, ritmos como bolero, disco, forró, samba, tango, mambo, valsa, dentre outros, pretendem encantar a plateia e despertar o desejo de dançar. A maior parte da trilha sonora é formada por músicas conhecidas do grande público, como “A Volta do Malandro”, “Dancing Queen”, “Lamento Sertanejo”, “Bolero de Ravel”, “Tango de Roxanne”, entre outras.

A segunda edição de “Deixa Eu Dançar” marca a volta de Warney Junior aos palcos, depois de nove anos atuando apenas em participações especiais. “Decidi voltar, aos 51 anos de idade, inteiro como artista, disposto a ousar, provocar, surpreender e ser feliz”, afirma. Ele é o fundador da Dança de Salão Warney Junior, onde inúmeros professores, coreógrafos e dançarinos que atuam profissionalmente na dança de salão na Bahia já desfrutaram dos seus ensinamentos.

Ficha Técnica:

Roteiro, Direção e Coreografia: Warney Junior

Preparação e Direção de Ator (Warney Junior): Andréa Elia

Assistência de Coreografia: Tiago Costa

Concepção Cenográfica e Iluminação: Irma Vidal

Figurino: Agamenon de Abreu, Grupos de Valsa de Salvador, Warney Junior

Designer Gráfico: Daniel França

Produção Executiva: Andréa Chamusca

Assessoria de Imprensa: Frente & Verso Comunicação Integrada

SERVIÇO

Espetáculo “… 6, 7, 8” do projeto “Deixa Eu Dançar”

Quando: 26 de abril (quinta-feira), 20h

Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves

Quanto: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia), das filas A a Z11

Classificação: Livre

VENDAS

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelos canais da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br).

MEIA ENTRADA

A concessão da meia-entrada é assegurada em 40% do total dos ingressos disponíveis para o evento.

Estejam atentos! O Teatro Castro Alves cumpre a Lei Federal 12.933 de 29/12/2013, que determina que a comprovação do benefício de meia-entrada é obrigatória para aqueles que gozam deste direito. Estudantes devem apresentar a Carteira de Identificação Estudantil (CIE), não sendo aceitos outros documentos.