Projeto de Lei de deputado pode proibir shows de cantoras pop e séries gringas no Brasil

Comportamento, Social
6 de outubro de 2017
por Genilson Coutinho

Acapa

Nas últimas semanas, as redes sociais foram tomadas por diversos debates envolvendo exposições de arte, pedofilia e “profanação” do nome de Deus. Paralelo a esses questionamentos, tramita no Congresso um Projeto de Lei de autoria do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) que, se aprovado, poderá impedir a realização de shows de cantoras pop e inclusive a transmissão de séries no Brasil.

Conhecido como PL 8615/2017, a proposta determina uma mudança no artigo 74 da Lei nº 8.069, que pretende inibir “a profanação de símbolos religiosos”, além de “adequar às crianças e adolescentes” tais produções, de acordo com sua faixa etária.

“Não será permitido que a programação de TV, cinema, DVD, jogos eletrônicos e de interpretação – RPG, exibições ou apresentações ao vivo abertas ao públicos, tais como as circenses, teatrais e shows musicais, profanem símbolos sagrados”, diz parte do texto.

IMPEDIMENTO

Se aprovado, a PL deverá inibir apresentações no país de personalidades como Lady Gaga e Madonna, famosas por criticarem em seus trabalhos a religião. Ainda, séries premiadas como The Handmaids Tale, deverão ser suspensas.