Projeto Curta Colaborativo oferece oficinas de cinema gratuitas

Sem categoria
8 de agosto de 2013
por Genilson Coutinho

Trabalhar educação, cultura e criação em cinema, é com esse propósito que o projeto Curta Colaborativo, em parceria com a Associação Pracatum, abre inscrições para oficinas técnicas de cinema. Além das oficinas, o projeto visa produzir de forma colaborativa o curta-metragem Sorte ou Revés, com roteiro desenvolvido pela diretora do projeto e cineasta, Sophia Mídian. As inscrições são gratuitas e estão abertas de 5 a 21 de agosto através do site oficial.

As oficinas acontecem entre 26 de agosto e 27 de setembro na sede da Pracatum, no bairro Candeal.

Premiado pelo Edital Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia, o Curta Colaborativo oferecerá oficinas, realizadas na sede da Pracatum (Candeal), pela equipe técnica do filme Sorte ou Revés, que ministrarão aulas de sua correspondente área de atuação aos alunos interessados. Serão oferecidas cinco oficinas, cada uma com 15 vagas e carga horária de 20h semanais: cinematografia digital, operação de áudio, direção de arte, produção executiva e atuação para cinema e vídeo. A seleção dos inscritos acontecerá através da declaração de intenção disponível no blog e o resultado será divulgado no dia 23 de agosto.

Na segunda fase do trabalho, os participantes que tiverem melhor rendimento nas oficinas se envolverão também na produção do filme, que se dará de forma colaborativa com a interação e intervenção entre os técnicos e os alunos. Dessa vez, a seleção será feita pelos professores, que escolherão cerca de três integrantes de cada oficina para serem seus assistentes durante a produção de Sorte ou Revés. Na intenção de também revelar novos talentos, dois personagens do filme serão escolhidos após a oficina de atores.

Além da parceria com a Associação Pracatum, ong do multiartista Carlinhos Brown, cujo trabalho sociocultural desenvolvido com jovens é reconhecido e consolidado na cidade de Salvador e pelo Brasil afora, o Curta colaborativo também assinou um convênio com a Universidade espanhola Carlos III de Madrid, que conta com o intercâmbio de uma estudante da instituição – Ísis Andrade, do curso de documentação audiovisual – estagiando junto com a equipe de produção do curta.

Depois de finalizado, o filme terá sua pré-estreia na comunidade do Candeal, principal locação do filme. Após o lançamento, o curta também será distribuído para exibição em canais públicos de TV e salas de arte, além de espaços culturais, como a Sala Walter da Silveira. Outra meta é inscrevê-lo em Mostras e Festivais de Cinema e Vídeo, nacionais e internacionais, contribuindo dessa forma para difundir o trabalho realizado colaborativamente entre profissionais e jovens estudantes de cinema.

O filme

Sorte ou Revés mostra de perto um dia na vida de um homem que, movido pelo vício em jogos de azar e às voltas com o desgosto de estar desempregado, mergulha no mundo colorido e na promessa de riqueza que rodeia o universo dos caça-níqueis. O filme se dispõe a ser uma porta de entrada para debater problemáticas sociais, ao discutir a questão do desemprego que acomete grande parte da população brasileira e falar sobre as vicissitudes que dominam e desestruturam a vida do ser humano. A principal locação do filme será o bairro do Candeal, onde serão retratadas, ainda, questões do ambiente periférico urbano.

Programação:

De 05 a 21 de agosto
– Inscrições para as oficinas

23 de agosto
– Resultado dos alunos selecionados para participarem das oficinas

De 26 a 30 de agosto

– Oficina de Preparador de Elenco – O ator, a cena e a câmera!
Marcelo Souza Brito

– Oficina de Produção Executiva – O cinema e a produção
Daniele Borges

De 9 a 13 de setembro

– Oficina de direção de fotografia – Princípios para uma boa filmagem
Jásio Velasquez

– Oficina de direção de arte – Construindo o universo visual do filme
Carol Tanajura

De 23 a 27 de setembro

– Oficina de Operação de áudio – A arte de captar o som
Nicolas Hallet

De 30 de setembro a 7 de outubro
– Produção do filme

Mais informações no release em anexo e no blog: www.curtacolaborativo.wordpress.com

Informações à imprensa:
Gisele Santana
jornalismo.gi@gmail.com
(71) 8872-5492/ (71) 9203-1897
Sobre a diretora: Sophia Mídian

Roteirista e diretora do curta Sorte ou Revés, Sophia Mídian é Seabrense, graduada em Jornalismo pela UESB, especialista em Cinema, Expressão e Análise pela UCSAL e mestranda em Cultura e Sociedade pela UFBA. Dirigiu alguns documentários, entre eles, o premiado “Pati, o que vale esse povo?” junto com Denise Santos. Foi ganhadora do concurso Doctv IV com o projeto “A visão de dentro”; do Prêmio Petrobrás Cultural com o roteiro “Com o Pandeiro na mão e o samba no pé”; produziu o videoclip da banda Teclas Pretas, ganhador do prêmio de melhor clip no “Bahia de todos os rocks”, além de ter realizado diversos cursos na área de cinema, com nomes como Miguel Lintin, Sergio Machado, Marcelo Góes, Orlando Senna, Hilton Lacerda, Luiz Bolognesi, Karen Harley, Elisa Tolomelli, Geraldo Sarno, Carlos Ebert, entre outros. Atualmente, Sophia trabalha na TV da Universidade Federal da Bahia ( TV UFBA) e é articulista do jornal O Candeeiro.

Em 2011, ministrou Oficina de história do cinema num projeto de extensão da Universidade Estadual da Bahia – UNEB, em 2012 foi redatora de campanha política em 4 cidades e em 2013 realizou o projeto ABC do Cinema, fruto dos prêmios nos editais da Funart e BNB de Cultura. Em julho desse ano, foi assistente de direção e atriz no longa metragem A Doce Flauta de Liberdade, que teve como participação especial entre os atores, a convite seu, o cantor e compositor Otto. Além de vários roteiros de curta-metragem registrados, também concebeu um roteiro de longa-metragem, “Madalena”, em fase de captação de recursos.