Projeto Caetanear apresenta mostra ‘Velô em solos’ com 19 diferentes artistas

No Circuito, Teatro
13 de fevereiro de 2019
por Genilson Coutinho
'Velô em solos' (Foto_Alessandra Nohvais) (5)

(Foto: Alessandra Nohvais)

Neste sábado (16), a mostra final da oficina de teatro “Velô em solos – Teatro Físico e processo criativo”, do projeto Caetanear, será realizada em apresentação gratuita, a partir das 17h30, no Galpão Wilson Melo, no Barbalho, em Salvador. As senhas começarão a ser distribuídas a partir das 17h.

Ministrada pelo ator e encenador Fábio Vidal, durante janeiro e fevereiro, fundamentada em princípios e procedimentos de Teatro Físico, a oficina estabeleceu processos criativos com dezenove artistas da cena, que se inspiraram na obra poético musical de Caetano Veloso que é matriz criativa do projeto Caetanear.

Temas como maternidade, medo, violência, questões raciais, de gênero, empoderamento feminino, questões indenitárias, questionamentos políticos, filosóficos e existenciais serão apresentados em um roteiro itinerante. O público transitará pelos ambientes do Forte do Barbalho, onde os 19 artistas apresentarão suas resultantes cênicas, onde cada um assumiu a autoria, encenação e atuação de seus trabalhos.

Fábio Vidal (Foto_Alessandra Nohvais)

(Foto: Alessandra Nohvais)

O público poderá conferir performances de Alda Valéria, Analu Tavares, Briza Menezes, Caio Lincoln, Cibele Marina, Clara Paixão, Claudio Machado, Clara Garcia Espada, Cassius Fabian, Daniela Chávez, Ingridy Carvalho, Lenine Guevara, Libardo Hernandez, Lilian Carneiro, Lis Schwabacher, Mariana Freire, Raphael Ruvenal, Sônia Gonçalves e Vika Mennezes.

“Tenho me deparado com uma multiplicidade de artistas em ebulição criativa, que confirmam que o trabalho e envolvimento conseguem gerar cada vez mais uma sofisticação nos movimentos trazidos à cena”, declara Fábio Vidal sobre o processo da oficina Velô em Solos.

Caetanear é um projeto de multi linguagens que envolve pesquisa, criação e experimentação de diversas formas expressivas cênico-cinematográficas, a partir do legado de Caetano Veloso nos seus mais de 50 anos de atividade artística. Toda a obra e história de vida de um dos mais importantes poetas, filósofos, músicos e escritores brasileiros tem servido de inspiração para mais de 100 artistas envolvidos em Caetanear. Dentre as ações artísticas do projeto, que começou em janeiro, ainda serão realizadas palestra, mostra de filmes, performances, festa, ensaios abertos e apresentação do espetáculo Velosidade Máxima 4.

O projeto é desenvolvido pela sinergia e união do Território Sirius Teatro, União Instável, Vôo Audiovisual, Digital Film e Multi Planejamento Cultural. Caetanear foi contemplado no Edital Gregórios, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador e no programa Iberescena 2019 – Apoio à Coprodução de Espetáculos Iberoamericanos de Artes Cênicas.

Mais informações no site www.territoriosirius.com.br.

 

Serviço:

Mostra final da oficina ‘Velô em solos’

Data: 16 de fevereiro

Horário: 17h30

Local: Galpão Wilson Melo (Forte do Barbalho – R. Mal. Gabriel Botafogo, s/n – Barbalho)

Gratuito