Projeto Box Galeria estreia com exposição em Cajazeiras

Arte e Exposições, No Circuito
14 de julho de 2015
por Genilson Coutinho

Marcos Costa - foto de Giciane Reis

A partir do mês de julho de 2015, Salvador será sede de um projeto inovador. O Box Galeria vai fazer circular pela cidade exposições itinerantes que acontecerão dentro de contêineres, que se deslocam pelos bairros periféricos da capital. Considerando o baixo número de galerias de arte em Salvador, além do fato de elas estarem, em sua maioria, nas regiões mais centrais, o projeto busca não só a descentralização, mas a ampliação do acesso a novos artistas visuais.

A primeira exposição promovida pelo projeto tem sua abertura no dia 18 de julho (sábado), às 17h, no bairro de Cajazeiras. O artista Marcos Costa apresenta a mostra “Nós Mesmos”, através da técnica de pintura com spray à mão livre e estêncil. Pessoas comuns, não-específicas, com beleza e estética próprias são os personagens que habitam o imaginário do artista e compõem a exposição.

A mostra fica em cartaz até o dia 15 de agosto. Durante este mês, haverá quatro dias de visitas guiadas pelo artista Marcos Costa, para alunos de escolas públicas do entorno e também para o público espontâneo. Também serão oferecidas duas oficinas (uma de graffiti e técnicas mistas, e outra de desenho intuitivo) ministradas pelos curadores do projeto: os artistas Mario Britto e Dervanier Hembadoom e da museóloga Rita Sacramento.

Através de convocatória, cinco artistas foram convidados a expor nas galerias móveis. Dentro do projeto, cinco exposições ficarão abertas à visitação pública durante um mês. Os bairros que recebem a galeria são Cajazeiras, Plataforma, Cabula, Ribeira e Liberdade, onde também acontecerão oficinas promovidas pelos artistas curadores, além de visitas guiadas pelos artistas em exposição.

Solução criativa para as artes visuais

O projeto Box Galeria apresenta uma solução criativa e viável para o gargalo na circulação de exposições de arte e na formação de público em Salvador: a adaptação de contêineres como galerias de arte, uma tendência que já possui alguns adeptos pelo mundo. O Box Galeria se apropria da tendência e utiliza contêineres para servirem como galerias móveis que circularão por bairros populares da cidade de Salvador, se instalando em um determinado local por um mês.

Os contêineres, unidades utilizadas para o transporte, símbolo da logística e do transporte de carga, agora adquirem uma nova funcionalidade: ao mesmo tempo que transportam objetos de arte, eles também são objetos artísticos, modificados, sofrem intervenções além de ser um espaço expositivo móvel.

Entendendo a arte como um espaço também para a educação, as exposições pretendem estabelecer um diálogo com as comunidades que as receberão, havendo convênio com escolas da região, visitas guiadas e oficinas voltadas para os moradores dos bairros.

O projeto Box Galeria foi selecionado pelo Edital Setorial de Artes Visuais 2014 – 17/2013, da Secretaria da Cultura do Estado da Bahia, através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), com recursos do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Conta também com o apoio da Fundação Gregório de Matos, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Prefeitura de Salvador.

 

SERVIÇO

Box Galeria | Exposição #1

Marcos Costa | “Nós Mesmos”

Abertura: 18 de julho de 2015 (sábado)

Período de visitação: de 19 de julho a 15 de agosto

Horários: de terça a sábado, das 9h às 18h | domingo das 8h às 12h

Local: Fazenda Grande I, Rua Oswaldo Sá Menezes, campo da Pronaica, em frente ao Colégio Estadual Dona Mora Guimarães, Cajazeiras – Salvador-BA.

Mais informações: www.boxgaleria.com.br

Informações à imprensa:

Ana Camila Comunicação & Cultura

Ana Camila | (71) 9148-4281 | 8771-2243 | contato@anacamila.com

Sobre Marcos Costa | artes_mc@hotmail.com | (71) 9328-9318 | 8828-8061

Grafiteiro, cenógrafo, ilustrador, arte educador, Marcos Costa se graduou em Artes Visuais pela Escola de Bela Artes da Universidade Federal da Bahia. Nascido em São Félix, Bahia, iniciou sua carreira como autodidata e ainda na adolescência frequentou as Oficinas de Arte no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM). O artista tem realizado, desde 1998, centenas de intervenções em Salvador e em diversas cidades do interior do estado, bem como em algumas cidades brasileiras como Brasília e São Paulo.

Costa também é autor do estilo por ele denominado de Afrograffiti, inspirado na arte africana tradicional. Outra característica marcante de seu trabalho é a presença do enigmático cachorrinho chamado “Boca Preta”, personagem constante em suas criações nos mais diversos espaços urbanos. Atualmente, Marcos Costa é consultor de Arte do Projeto Promovendo os Direitos de Jovens em Salvador, desenvolvido pelo Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA-ONU). É aluno especial do Mestrado de Artes Visuais pelo PPGAV-EBA-UFBA, e como cenógrafo, integra a Cia de Teatro Abdias do Nascimento, realizando cenários para espetáculos como: “A Casa dos Espectros”, “O Dia 14”, “Casulo – Uma Intervenção Trans”, dentre outros.