Primeiro casamento homoafetivo é autorizado pela justiça do Espírito Santo

Sem categoria
21 de setembro de 2012
por Genilson Coutinho

Foi autorizado pelo Tribunal de Justiça do estado, o primeiro casamento civil do Espirito Santo. Ediana Calixto, de 23 anos, e Kamila Roccon, de 20 anos, que moram em Colatina, já haviam adiado a data anteriormente, após o Ministério Publico do Espirito Santos (MP/ES) recorrer da decisão, ao entender que o registro da união não competia a Vara da Fazenda Pública, mas, sim, a Vara da Família, mas no dia 3 de agosto, enfim foi aprovado.

O juiz Salomão Akhnaton Zoroastro Spencer Elesbon, da 1ª Vara da Família de Colatina, foi quem autorizou o casamento entre as jovens. “Os enlaces familiares de qualquer espécie, desde que pautados na afetividade, estabilidade e ostensividade, estão sob as regras do Direito de Família. Sendo assim, onde houver afeto entre duas pessoas, respeito, solidariedade, comunhão de vida, ética familiar, ostensividade e intenção de constituir família, haverá uma união familiar tutelada pelo direito”, disse Salomão o Akhnaton.

Ediana e Kamila ainda não tem data definida para a união, mas celebram a conquista e falam “que será em breve, muito breve”, pois Ediana está desempregada e prefere esperar um pouco.

(Foto: Arquivo Pessoal / Ediana Calixto)