Primeiro casamento gay de Belo Horizonte é formalizado em cartório

Sem categoria
19 de abril de 2013
por Genilson Coutinho


O cartório do 2º Subdistrito de Registro Civil de Belo Horizonte será o cenário de um grande marco na vida de Carlos Eduardo Guimarães de Oliveira, de 31 anos e Jorge Chediak Miguel, 30. Eles chegarão juntos ao local na última terça-feira (16), às 15h, para receber por escrito a conquista de um relacionamento de sete anos: a certidão de casamento. Oliveira e Miguel formam o primeiro casal homossexual da capital mineira que conseguiu autorização para converter a união estável em casamento civil, “de papel passado”, desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) equiparou a união homoafetiva à heterossexual.
A decisão da Justiça veio no dia 26 de fevereiro deste ano, após dois anos e quatro meses de união estável. Oliveira explica que a certidão representa uma “grande realização” trazida por meio de muita luta. Ele conta ainda que não haverá uma cerimônia formal no cartório, apenas a entrega da certidão.
Mesmo assim, para o consultor de negócios, o dia é de festa. O fato de que sua história serve como inspiração para outros casais é “gratificante”.
Temos relatos de outras pessoas, que nos encontram no Facebook para falarem que também estão lutando e mesmo já conhecemos outros dois casais que estão para conseguir. Isso é muito bom.
Os noivos, que moram juntos desde 2005, também celebram hoje o dia em que se conheceram, há sete anos. Para celebrar, o casal vai oferecer uma recepção para amigos e familiares à noite.