Primeiro casal de Lésbicas a disputar a Olimpíada após oficializar a união torce: ‘Que haja milhares mais’

Notícias
10 de agosto de 2016
por Genilson Coutinho


Os jogos olímpicos do Rio já entraram na história por serem os primeiros na América do Sul. Mas esse não é o único motivo para fazer dessa Olimpíada um marco. É por aqui que pela primeira vez um casal de Lésbicas oficialmente unidas irão entrar na disputa por uma medalha. Helen e Kate Richardson vão defender a Grã-Bretanha no hóquei.
Elas namoram desde 2008, e se casaram há três anos. Por isso, apesar de já terem disputado outras olimpíadas juntas, agora é diferente. “Por tudo que já passamos, a Rio 2016 será especial”, disse Kate ao jornal britânico “The telegraph”. “Espero que haja milhares mais de casais gays disputando os Jogos”.
Antes do relacionamento com Helen, a goleira Kate chegou a ficar noiva do ex-capitão da equipe mascunlina, Brett Garrard. O namoro entre as duas causou estranhamento no início, mas agora é encarado com naturalidade e na ficha técnica de Kate no site oficial das seleções de hóquei ela já é apresentada com o sobrenome de sua mulher.