Primeiro capítulo de “Velho Chico” será exibido na praça de Cajazeiras V

No Circuito, Teatro
14 de março de 2016
por Genilson Coutinho

O romance das nove será transmitido para os telespectadores de Cajazeiras V, nesta segunda-feira (14), a partir das 21h. Velho Chico irá substituir A Regra do Jogo no horário nobre, contando a história do Rio São Francisco e resgatando o amor pelo país, com um elenco de peso. As cenas foram gravadas no sertão nordestino, em cidades da Bahia, Alagoas e Pernambuco.

Além da exibição, o evento, que começa às 18h, contará com muita música, poesia e histórias de amor. As apresentações musicais ficarão por conta de Leo Macedo, da Banda Estakazero, que vai interpretar as músicas da trilha sonora da novela; Jorge Henrique, com poesias de Cordel; e Carlos Villela, que irá cantar modas de viola.

A ação, realizada pela TV Bahia, acontecerá na Praça de Cajazeiras V, que fica na Rua Herculano Menezes. O público poderá participar ainda da Tenda da História de Amor, onde serão feitas fotos e gravados vídeos com as histórias românticas dos moradores.

A nova trama da Rede Globo foi escrita por Edmara Barbosa e Bruno Luperi, filha e neto do autor Benedito Ruy Barbosa, que supervisiona a obra. A direção é de Luiz Fernando Carvalho. A última novela que trabalharam juntos foi Meu Pedacinho de Chão, no horário das 18h. Já no horário das 21h a histórica O Rei do Gado marcou a trajetória de ambos.

O elenco conta com grandes nomes: Antônio Fagundes, Tarcísio Meira, Rodrigo Santoro, Camila Pitanga, Cristiane Torloni, Carol Castro, Rodrigo Lombardi, Domingos Montagner, Marcelo Serrado e Marcos Palmeira.

Representando o povo nordestino, temos Larissa Goés, Lucy Alves, José Dumont, Marcélia Cartaxo, Lucas Veloso, Nairon Barreto, Severo D’Acelino e Francisco Carvalho. Os atores baianos Marina Nery, Cyria Coentro, Carlos Betão, Lucca Fontoura e a cantora Mariene de Castro completam o time.

A novela terá três fases, a primeira se passará no final da década de 60, a segunda no final dos anos 80 e a última fase nos dias atuais. Velho Chico já vai começar com muita emoção: mortes, duelos, confrontos familiares e o despertar de romances proibidos marcam a narrativa.

São Francisco como inspiração

Uma exposição fotográfica também marcará a estreia de Velho Chico em Salvador. As fotografias são de Lauro Passos, que fez uma viagem de 800 quilômetros seguindo o percurso do Rio São Francisco para registrar imagens (personagens, localidades, cultura e riquezas) que ficarão integradas em um cenário que remete à cenografia da novela. A exposição ficará em cartaz de 14 a 20 de março, no 1º piso do Shopping da Bahia.