Prêmio Caymmi de Música é lançado em Salvador

No Circuito
11 de agosto de 2014
por Genilson Coutinho

(Fotos__Genilson_Coutinho_Cx 349

Reconhecer, fortalecer e premiar a produção musical baiana, impulsionando novas criações: eis a missão do Prêmio Caymmi de Música, que abre oficialmente no dia 11 de agosto suas inscrições. Estimulando a cadeia produtiva e promovendo a difusão da criatividade artística de compositores, intérpretes e grupos musicais, o Prêmio Caymmi terá duração total de dez meses, culminando na festa de premiação, que acontece no dia 30 de abril de 2015, no Teatro Castro Alves. As inscrições ficam abertas até o dia 30 de setembro e podem ser realizadas através do Portal  ou através da Caixa Postal 4119.

Dividido em três categorias distintas – Show, Música e Videoclipe – o Prêmio Caymmi vai premiar os melhores intérpretes, direção artística e musical, cenário, iluminação, sonorização, produção, arranjo musical, fotografia, roteiro, entre outros quesitos. A premiação permite a inscrição de um projeto por categoria e além das categorias oficiais, também contemplará uma Categoria Especial, onde a Comissão Julgadora premiará projetos de destaque na área de produção musical.  Para se inscrever, o artista deverá ser baiano ou residir na Bahia por no mínimo 03 anos. No caso da inscrição de bandas e/ou grupos, os integrantes deverão ser majoritariamente baianos. O regulamento completo do Prêmio pode ser conferido no Portal da premiação.

gvt

“Decidimos patrocinar o Prêmio Caymmi de Música assim que conhecemos o projeto porque sua força para desenvolver e revelar novos talentos é incrível, sem falar da democratização da boa música baiana com shows abertos ao público e ainda do incentivo à formação de técnicos da indústria musical com a Rede Motiva”, afirma a diretora de Sustentabilidade da GVT, Heloísa Genish. A empresa é a patrocinadora oficial do projeto por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura que prevê utilização de parte do ICMS arrecadado para fomentar atividades culturais, com 20% de investimento em recurso próprio.

Formada pelos músicos Luciano Bahia, Luisão Pereira e Claudia Cunha e pelos jornalistas Hagamenon Brito e Luciano Matos, a Comissão Julgadora do Prêmio Caymmi será responsável pelas etapas de seleção dos habilitados em cada categoria, pelas indicações dos finalistas e escolha dos ganhadores.

cuchunass

O Prêmio Caymmi de Música é uma realização da Via Comunicação e Eventos e conta com o patrocínio da GVT, da Prefeitura Municipal de Salvador e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através da Lei de Incentivo Fiscal FazCultura.

A Premiação

Inspirado no histórico das premiações musicais e no mestre baiano da Música Popular Brasileira, Dorival Caymmi, que em 2014 completaria 100 anos, o Prêmio Caymmi de Música busca o diálogo com as necessidades do mercado cultural do Estado. Entre os meses de agosto de 2014 e abril de 2015, o projeto envolverá toda a Bahia, celeiro musical do país, buscando cumprir uma importante função que é pautar a produção baiana, dignificar a qualidade sonora da Bahia e valorizar a diversidade e o acesso dos artistas interioranos aos holofotes da capital, com maior repercussão de público e da indústria fonográfica local, além de criar um marco no calendário cultural do Estado.

Com formato democrático, a premiação está dividida em seis etapas: inscrições; triagem técnica de documentação e materiais específicos para habilitação da inscrição; avaliação e pré-seleção pela Comissão Julgadora das Músicas, dos Shows e dos videoclipes participantes da premiação; avaliação in loco da Comissão Julgadora; apresentações de shows e músicas concorrentes nas mostras itinerantes realizadas em locais públicos de Salvador, intituladas de Festival Caymmi de Todas as Músicas; premiação dos ganhadores na Cerimônia de Premiação.

(Fotos__Genilson_Coutinho_Cx 413

Os Festivais

É justamente através do Festival Caymmi de Todas as Músicas que o Prêmio Caymmi transcende as funções de revelar e premiar as novas produções, ampliando o acesso do público aos produtos culturais e qualificando a produção musical no Estado. Indo além de uma etapa do processo de escolha dos vencedores da premiação, os Festivais Caymmi, que acontecem em diferentes locais entre os meses de novembro e fevereiro, atuam como palco difusor da música e de talentos. Ao promover encontros com a audiência baiana, cria-se uma atmosfera típica dos antigos festivais de música, onde o próprio público poderá ter acesso à música de qualidade, apoiando e torcendo por seus candidatos preferidos, tendo acesso também ao que é produzido fora do circuito comercial dos grandes espetáculos.

Se por um lado, os Festivais fomentam o acesso à boa música desconhecida aos ouvidos do grande público, por outro, o projeto promove também a democratização dos espaços artísticos do estado, à medida que proporciona que produções musicais do interior e capital do estado tenham visibilidade e espaço para promoção da arte popular baiana. São vários os artistas da nova geração que nunca tiveram a oportunidade de divulgar sua arte e participar de espaços musicais de grande repercussão. Oferecer a estes artistas a oportunidade de fazer parte de um projeto como esse detém um significado não somente cultural, mas tange principalmente a valorização de um trabalho de qualidade e o estímulo da cadeia produtiva da Bahia, com incentivos não só à Cultura, mas também ao Turismo e à Economia locais.

O Mar de Caymmi

É pelos caminhos do mar, tema tão presente em suas canções, que o Prêmio Caymmi de Música homenageia o Centenário de Dorival Caymmi, compositor baiano que cantou os costumes e tradições da Bahia com seu estilo único. O Estado, que é um verdadeiro caldeirão cultural, exalando melodia em cada esquina, tem como característica o relevante papel de trilhar a história da música brasileira. E foi com essa marca que vários artistas, ritmos e estilos fizeram da Bahia um celeiro de talentos da música.

Influenciando várias gerações de músicos brasileiros, Caymmi foi responsável em grande parte pela imagem que a Bahia tem hoje em dia. Suas canções com temas praieiros ou sobre as belezas naturais da Bahia colaboraram para fixar uma imagem do Brasil para o mundo. Cada música era criada bebendo da cultura do povo baiano, dos negros de Salvador. Retratava a nossa cultura não apenas na poesia, mas nas levadas do violão, na sua voz grave e forte nas melodias e harmonias. Em 60 anos de carreira, Dorival Caymmi gravou cerca de 20 discos, mas o número de versões de suas músicas feitas por outros intérpretes é praticamente incalculável.

Rede de Conhecimento

E para além dos propósitos já apresentados, o Prêmio Caymmi de Música guarda ainda uma surpresa: ser o projeto base escolhido pelo programa Rede Motiva, que promove a formação de redes de trabalho a partir de processos colaborativos e formativos, estimulando o desenvolvimento pessoal e profissional e induzindo jovens empreendedores a novas formas de pensar e agir diante dos desafios impostos pelo mercado. Criado em 2010, o Rede Motiva é composto por um conjunto de ações voltadas ao desenvolvimento e sustentabilidade do mercado da música contemporânea e traz como proposta o desenvolvimento de um programa focado na transformação de uma estrutura de pensamento, e não apenas na informação transitória, através do conceito de empreendedorismo associado à economia criativa.

Assim, usando como base o projeto do Prêmio Caymmi de Música, o Rede Motiva promove em 2014, cursos de Técnicas de Sonorização, Técnicas de Gravação, Mixagem e Masterização, Técnicas de Iluminação, Empreendedorismo Aplicado na Produção Cultural e Mobilização de Recursos, Gestão Cultural e Elaboração e Conteúdos para Projetos Culturais, com inscrições gratuitas. Os cursos visam a articulação e o desenvolvimento dos processos de formação integral do indivíduo, fortalecendo o desenvolvimento e a realização de ações articuladas com as diferentes dimensões da cultura – simbólica, cidadã e econômica.

GVT na Bahia

Empresa de banda larga com ultravelocidades de até 150Mbps, TV por assinatura e telefonia fixa convergente além de soluções corporativas para empresas, a GVT atua na Bahia desde setembro de 2008. Ingressou no estado a partir de Salvador e atualmente oferece serviços também em Alagoinhas, Camaçari, Feira de Santana, Lauro de Freitas e Simões Filho. Com sedes locais na região de Brotas e Caminho das Árvores, o alcance da rede de atendimento da GVT em Salvador é de 58% da área urbana da cidade. O investimento da empresa no estado é de aproximadamente R$ 200 milhões desde o lançamento, em 2008.

Conhecida pelo caráter de inovação e qualidade, busca defender e apoiar causas relevantes para a sociedade no campo cultural e de responsabilidade social. A empresa mantém parceria desde 2009 com a ONG SaferNet, que tem sede em Salvador, na conscientização de crianças em jovens para o melhor uso dos meios digitais.

Fotos: Genilson Coutinho

Serviço

Prêmio Caymmi de Música

Período de inscrições: 11 de agosto a 30 de setembro de 2014

Regulamento disponível no Portal Oficial da premiação.