Prêmio Braskem de Teatro anuncia indicados de 2015; confira a lista

No Circuito, Teatro
24 de dezembro de 2015
por Genilson Coutinho

Monica Santana, concore na categoria revelação pela atuação e criação em Isto Não é Uma Mulata; (foto: Andréa Magnoni/Divulgação)

A lista dos indicados ao Prêmio Braskem de Teatro 2015 foi anunciada ontem. A premiação, que celebra os melhores do teatro baiano em oito categorias – Espetáculo Adulto, Espetáculo Infantojuvenil, Direção, Ator, Atriz, Texto, Revelação e Categoria Especial – acontece em abril, no Teatro Castro Alves.

A 23ª edição do projeto avaliou 59 peças consideradas profissionais e inéditas, que estiveram em cartaz no período de 1º de abril a 23 de dezembro. A comissão julgadora foi composta por Cristina Leifer, atriz, diretora teatral e produtora cultural; Eliana Pedroso, bailarina, gestora e curadora do Café-Teatro Rubi; Jorge Alencar, ator, dançarino, coreógrafo, realizador audiovisual, diretor teatral, educador, pesquisador e curador; Marcos Uzel, jornalista; e escritor e Rose Lima, diretora artística do Teatro Castro Alves.

Os vencedores das categorias Espetáculo Adulto e Espetáculo Infantojuvenil receberão um prêmio no valor de R$ 30 mil cada, já os demais vencedores serão contemplados com R$ 5 mil cada.

As montagens Bululu, Campo de Batalha, Castelo da Torre, Erê e Sade disputam na categoria Espetáculo Adulto. O prêmio de Infantojuvenil pode ficar com A Máquina que Dobra o Nada, ou O Pequeno Imperador, ou Paco e o Tempo.

O espetaculo Escavadores de André Luis Silva concorre na categoria texto. Foto: Genilson Coutinho

Na disputa para melhor direção tem Fernanda Julia e Zebrinha, por Erê; Elisa Mendes, por Ave de Areia; Gil Vicente Tavares, por Sade; Márcio Meireles e Lázaro Ramos, por Campo de Batalha; e Meran Vargens, por O Castelo da Torre.

O troféu de ator do ano pode ser conquistado por Danilo Cairo, por Bululu; Felipe Benevides, por Canto Seco; João Guisande, por Bululu; Thalis Castro, por Por Que John Cage?; ou Wanderley Meira, por Sade. Já na categoria melhor atriz, as indicadas foram Márcia Andrade, por Nossa Cidade; Diana Ramos, por Castelo da Torre; Thais Laila, por Nossa Cidade; Laura Sarpa, por Ave de Areia; Mariana Freire, por Canto Seco.