Prêmio Braskem de Teatro 2011 divulga lista de indicados

Sem categoria
11 de janeiro de 2012
por Genilson Coutinho

Namíbia, não! segue na corrida ao prêmio

A Braskem acaba de divulgar a relação dos indicados ao Prêmio Braskem de Teatro 2011. A premiação destaca anualmente as melhores produções do teatro baiano em oito categorias: Espetáculo Adulto, Espetáculo Infanto-Juvenil, Direção, Ator, Atriz, Texto, Revelação e Categoria Especial. A comissão julgadora do prêmio é composta pela diretora teatral e escritora Adelice Souza, pelo ator e coordenador da Pós-Graduação da Escola de Teatro da UFBA Cláudio Cajaíba, pela coreógrafa Lia Robatto, pelo escritor e jornalista Marcos Uzel e pelo dramaturgo Paulo Henrique Alcântara. O grupo foi responsável por avaliar 53 espetáculos, sendo 43 adultos e 10 infanto-juvenis, que estiveram em cartaz no período de 18 de março a 18 de dezembro de 2011 em Salvador.

Os vencedores da 19ª edição do Prêmio Braskem de Teatro, no entanto, só serão conhecidos durante cerimônia de premiação na sala principal do Teatro Castro Alves no dia 4 de abril. Além do troféu, os vencedores das categorias Espetáculo Adulto e Espetáculo Infanto-Juvenil receberão um prêmio no valor de R$ 30 mil, enquanto os demais serão contemplados com R$ 5 mil cada.

Sobre o PBT

 O Prêmio Braskem de Teatro é uma tradição já consolidada no cenário cultural da Bahia e tem o objetivo de valorizar, reconhecer e premiar a produção teatral do estado, abrindo espaço para o surgimento de novos talentos. A premiação surgiu como parte da Política de Responsabilidade Social da Braskem que define como foco de sua atuação a inclusão social, a educação ambiental e promoção cultural com a finalidade de estabelecer as bases da consciência cidadã e estimular o crescimento sustentável.

 CONFIRA OS INDICADOS AO 19º PRÊMIO BRASKEM DE TEATRO:

ESPETÁCULO ADULTO

1.         Arbítrio

2.         Fim de Partida

3.         Meu nome é Mentira

4.         Namíbia, não!

5.         Sargento Getúlio

ESPETÁCULO INFANTO-JUVENIL

1.         As Rimas de Catarina

2.         Brincando com a Morte

3.         Protocolo Lunar

4.         Remendo, remendó

5.         Um dia a casa clown

DIREÇÃO

1.         Ewald Hackler – Pela direção do espetáculo “Fim de Partida”

2.         Gil Vicente Tavares – Pela direção do espetáculo “Sargento Getúlio”

3.         João Lima – Pela direção do espetáculo “As Rimas de Catarina”

4.         Lázaro Ramos – Pela direção do espetáculo “Namíbia, não!”

5.         Luiz Marfuz – Pela direção do espetáculo “Meu nome é Mentira”

ATRIZ

1.         Diana Ramos – Pela interpretação no espetáculo “Outra Tempestade”

2.         Maria de Souza – Pela interpretação no espetáculo “Fim de Partida”

3.         Simone Brault – Pela interpretação no espetáculo “Quase Nada”

4.         Vera Pessoa – Pelas interpretações nos espetáculos “Meu nome é Mentira” e “Vestir os nus”

ATOR

1.         Amarílio Sales – Pela interpretação no espetáculo “Diário do Farol: Onde as palavras se revelam inadequadas”

2.         Bira Freitas – Pela interpretação no espetáculo “As Rimas de Catarina”

3.         Carlos Betão – Pela interpretação no espetáculo “Sargento Getúlio”

4.         Gideon Rosa – Pela interpretação no espetáculo “Fim de Partida”

5.         Rafael Medrado – Pela interpretação no espetáculo “Camila Baker”

TEXTO

1.         A voz do campeão – Autoria de João Alfredo Reis e Edvard Passos

2.         As Rimas de Catarina – Autoria de Ilma Nascimento

3.         Meu nome é Mentira – Autoria de Luiz Marfuz

4.         Namíbia, não! – Autoria de Aldri Anunciação

5.         Quase Nada – Autoria de Marcos Barbosa

REVELAÇÃO

1.         Felipe Soledade – Pela direção do espetáculo “Quase Nada”

2.         Grupo “Teatro Base” – Pelo espetáculo “Arbítrio”

3.         Isis Gledhill – Pela direção do espetáculo “Vestir os nus”

4.         Luiz Antônio Jr. – Pela direção do espetáculo “Remendo, remendó”

5.         Yuri Tripodi – Pela interpretação no espetáculo “Arbítrio”

CATEGORIA ESPECIAL

1.         Eduardo Tudella – Pela iluminação do espetáculo “Sargento Getúlio”

2.         Luciano Bahia – Pela trilha sonora do espetáculo “Meu nome é Mentira”

3.         Pedro Dultra – Pela iluminação do espetáculo “Protocolo Lunar”

4.         Rino Carvalho – Pelo figurino do espetáculo “As Rimas de Catarina”

5.         Zuarte Jr. – Pelo figurino do espetáculo “Outra Tempestade”