Por homofobia, jogador do beisebol americano é suspenso

Sem categoria
20 de setembro de 2012
por Genilson Coutinho

 

O jogador de beisebol americano Yunel Escobar, do Toronto Blue Jays, foi suspenso pela MLB (Major League Baseball) por ter pintado uma frase homofóbica em seu próprio rosto, no jogo do último sábado, 15.
Escobar causou polêmica por ter escrito, na proteção abaixo dos seus olhos, a frase “Té eres maricón”. Com a circulação de fotografias do jogador pela internet, o Toronto e a MLB, que comanda o beisebol americano, decidiram puni-lo com três jogos de suspensão.
Com a punição, estima-se que Yunel terá um prejuízo de cerca de US$ 83 mil, quantia que será encaminhada para um projeto de inclusão social.
Em entrevista, o jogador pediu desculpas e disse que não tinha a intenção de ofender a ninguém. Com informações do Jornal Atarde.