Por do Som abre o ano de 2012 com o brilho de Daniela Mercury e convidadas

Sem categoria
2 de janeiro de 2012
por Genilson Coutinho

Com o final do primeiro dia do ano, Daniela Mercury comandou a 12ª edição do seu projeto anual Por do Som, que aconteceu com as participações especiais de Paula Lima e Margareth Menezes. As três cantoras animaram a multidão que se emocionou com as canções do grande compositor Chico Buarque.

Assim como nas outras edições, a cantora Daniela Mercury fez uma homenagem a um músico que marcou a história e as vidas dos brasileiros. Neste começo de ano, o presenteado foi Chico Buarque, que também teve as suas composições usadas no show Mulheres de Chico, interpretadas por ela, Margareth e Paula.

A festa teve início às 17h30, com o show do cantor e compositor Gabriel Povoas, filho da artista. Muito emocionado, o artista revelou que a oportunidade de tocar no Por do Som era única. Após a apresentação do filho, a rainha do axé subiu ao palco cantando Sonho Impossível para delírio de baianos e turistas.

Na sequência, a anfitriã da festa agradeceu ao público pelo carinho e desejou um ano cheio de felicidade. “Muito obrigada aos meus fãs que estão aqui nesta noite, vocês são muito especiais para mim. Que o povo baiano tenha um excelente 2012 e que a felicidade reine na vida de cada um de vocês”. Daniela chamou ao palco a cantora Paula Lima e logo em seguida convidou Margareth Menezes para completar o trio.

O destaque do show ficou com as músicas que seguiram após a homenagem. Daniela levantou o público com a requisitada Maimbê Dandá e com a dançante música Quero Ver o Mundo Sambar, já escolhida para carregar o talento da musa no Carnaval de 2012. Margareth por sua vez usou do seu repertório para tirar a multidão do chão com os sucessos Dandalunda, Caveleiro de Aruanda e Saudação ao Caboclo. O show terminou com o trio interpretando É D’Oxum e Oyá Por Nós.

E como musa dos gays, o show de Daniela Mercury atraiu o público de gays, lésbicas e simpatizantes em peso. Muitos casais e grupos de amigos se encontraram e dançaram ao lado de casais heterossexuais, de pais com seus filhos e de famílias inteiras. Essa diversidade mostrou mais uma vez que Daniela consegue agrupar de forma pacífica vários grupos para uma festa de alegria e sem discriminação.

Veja galeria de fotos aqui