Polo Teatral – Festival de Teatro do Interior da Bahia foi lançado hoje, 29, no Teatro Cidade do Saber

Teatro
29 de agosto de 2014
por Genilson Coutinho

polo

O teatro baiano ganhou mais um grande incentivo na manhã desta sexta-feira, 29, com o lançamento do Polo Teatral – Festival de Teatro do Interior da Bahia, realizado no Teatro Cidade do Saber, em Camaçari. Patrocinado pela Braskem e Governo da Bahia, através do programa FazCultura, o projeto tem a proposta de incentivar e promover as artes cênicas do interior da Bahia, por meio da seleção de espetáculos de grupos teatrais.

Estiveram presentes no lançamento do projeto, o Gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia, Emmanuel Lacerda, a Coordenadora de Teatro da Funceb, Maria Marighela, a Diretora de Fomento da Secult-Ba, Verônica Aquino, o Secretário de Cultura de Camaçari, Vital Vasconcelos, o vice-prefeito de Dias D’Ávila, Geraldo Requião, o Diretor Presidente da Caderno 2 Produções Artísticas, Dalmo Peres, o curador do projeto, Fernando Marinho, profissionais da imprensa e convidados.

Na ocasião, foram apresentadas a mecânica do processo seletivo e os desdobramentos do festival, que estará com inscrições abertas entre os dias 1º e 30 de setembro, através do site www.poloteatral.com.br . Todos os grupos e produtores de teatro do interior da Bahia podem fazer a inscrição, desde que atendam às disposições previstas em regulamento do festival. A divulgação dos selecionados acontecerá na segunda quinzena de outubro. Mais dois grupos de Camaçari serão convidados para compor a programação do Polo Teatral.

Circulação – Uma vez selecionados, os espetáculos terão três meses de preparação para participar do Festival de Teatro do Interior da Bahia, que acontece entre os dias 16 e 25 de janeiro, nas cidades de Camaçari e Dias D’Ávila. Cada montagem contemplada se apresenta duas vezes. O evento terá entrada gratuita e promoverá também mesas redondas, palestras, oficinas e máster classe (aula magma ministrada por especialista da área).

“Ao patrocinar ações e iniciativas culturais, como o Polo Teatral, a expectativa da Braskem é contribuir com a expansão do acesso do público, além de fomentar as artes cênicas no estado. Esse é um dos vértices da política de responsabilidade social da empresa, que visa estimular uma consciência cidadã e o crescimento sustentável”, explica Emmanuel Lacerda, Gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia.

Nova categoria do Prêmio Braskem de Teatro – As apresentações dos quatorze espetáculos selecionados durante o festival culminará na indicação dos cinco melhores para concorrer ao Prêmio Braskem de Teatro. Assim nasce uma nova categoria:Espetáculo do Interior da Bahia. A premiação destaca anualmente as melhores produções do teatro baiano em outras oito categorias: Espetáculo Adulto, Espetáculo Infanto-Juvenil, Direção, Ator, Atriz, Texto, Revelação e Categoria Especial.

“Há muito necessitávamos de uma ação que proporcionasse às produções genuinamente do interior de nosso estado essa visibilidade e reconhecimento. Tendo agora o Polo Teatral, que contará inicialmente com duas produções de cada um dos seis macro territórios culturais, o Prêmio Braskem de Teatro ganha uma nova categoria”, declara Fernando Marinho, curador do Polo Teatral.

Para o Diretor Presidente da Caderno 2 Produções Artísticas, Dalmo Peres, a realização do Polo Teatral junto à Alltera Comunicação e Promoções resulta de uma importância motivadora e desafiadora para superar condições adversas do mercado cênico baiano. “Acreditamos que a parceria do Polo Teatral com o Prêmio Braskem de Teatro dará mais visibilidade ao teatro baiano, através de ações que possibilitem um maior intercâmbio de ideias e experiências como fatores de desenvolvimento de projetos estruturantes para as artes cênicas do interior da Bahia”, afirma.

O Prêmio Braskem de Teatro é um evento já consolidado no cenário cultural da Bahia e tem o objetivo de valorizar, reconhecer e premiar a produção teatral do estado, abrindo espaço para o surgimento de novos talentos. A premiação conta com o patrocínio do Governo da Bahia, através do FazCultura, e da Braskem, que na sua política de Responsabilidade Social define como foco sua atuação na inclusão social, na educação ambiental e promoção cultural com a finalidade de estabelecer as bases da consciência cidadã e estimular o crescimento sustentável.