Polícia prende suspeitos de torturar cabeleireiro na Cidade Baixa

Notícias
25 de outubro de 2020
por Genilson Coutinho
 Reprodução/Instagram

Do Bocão News

A polícia prendeu um homem e apreendeu um adolescente no bairro do Uruguai, em Salvador, na noite de sábado (24), suspeitos de torturar o cabeleireiro Rauan Moreira, de 29 anos. O crime ocorreu dentro da casa da vítima, no bairro de Vila Ruy Barbosa, na última terça-feira (20). Segundo a Polícia Civil, a dupla confessou o crime. Rauan segue internado no Hospital Geral do Estado (HGE).

De acordo com informações da Polícia Militar, os suspeitos foram encontrados após denúncia anônima, na Rua Ceará-Mirim, conjunto Santa Luzia. Na ação, foram apreendidos uma moto e material de salão de beleza.

O homem e o material apreendido foram levados para a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV). Já o adolescente foi apreendido e apresentado na Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI).

Nesta sexta-feira (23), a irmã de Rauan revelou ao BNews que entregou o celular dele para a Polícia Civil após localizar conversas suspeitas com um vizinho e proprietário de uma peixaria que fica no prédio da vítima.

De acordo com Naiara Pereira, os suspeitos tiveram intenção de matar Rauan em virtude da sua orientação sexual. “Nós localizamos conversa com um indivíduo que trabalha em uma peixaria que fica no térreo do prédio dele, marcando para ir lá no dia do crime e ainda disse que iria levar um amigo junto. Eles são brancos, malhados, altos e fortes, eu acredito sim que tenha sido eles, até porque um vizinho viu um deles saindo com uma faca enorme na mão, faca para tratar peixe mesmo. Por isso, inclusive, eles roubaram a moto do meu irmão, para fugir logo do local, não por querer roubar, fizeram isso porque ele é homossexual”, disse.

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.