Plataforma de Turismo LGBT de Salvador é selecionada em no edital da InovAtiva Brasil

Comportamento, Social
29 de julho de 2016
por Genilson Coutinho

viajay-inovativa

Com pouco mais de três meses no ar, o Viajay acaba de ser escolhido como uma das 300 startups com maior potencial inovador do país. A seleção faz parte do Ciclo de Aceleração InovAtiva Brasil 2016.2, que selecionou novos negócios com base tecnológica para receberem capacitação e realizar conexão com parceiros mundiais. O programa tem parceria com o SEBRAE e SENAI.

“É uma grande conquista a aprovação em um edital desse porte do governo federal, não só pelo desenvolvimento da plataforma, mas também por representar o reconhecimento de um negócio com o foco na comunidade LGBT”, comemora o estudante baiano e fundador do Viajay Fernando Sandes.

Segundo dados de empresas do setor, gays e lésbicas consomem mais bens de luxo, design e moda, além de viajar quatro vezes mais que a média e gastar 30% mais que o turista tradicional. Além disso, o público gay é considerado muito exigente na busca por cultura, entretenimento e hospedagem. “A ideia surgiu a partir da dificuldade em encontrar essas informações relacionadas ao turismo LGBT no Brasil e no mundo”, conta Fernando.

Todo o Viajay é orientado para parecer uma grande rede social. Além do conteúdo exclusivo sobre os mais diversos destinos, o usuário consegue criar a melhor rota para bares, restaurantes, hotéis e pontos turístico com apenas um clique, através de geolocalização. A plataforma ainda é adaptável para iPhone e Android.

InovAtiva Brasil

Criado em 2013 pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o InovAtiva Brasil é um programa gratuito que auxilia e orienta empreendedores iniciantes com uma boa tecnologia. Os melhores projetos vão receber capacitação de nível mundial em empreendedorismo inovador; acesso a mentores nacionais e internacionais; conexão com possíveis parceiros, investidores e grandes empresas; suporte para internacionalização e vantagens adicionais para startups em outros programas públicos e privados parceiros. São até 300 vagas disponíveis para entrada em cada ciclo e até 125 são selecionados para etapa final, em que apresentam seus negócios a empresas e investidores.