Pivô do Wizards se torna primeiro atleta da NBA a admitir ser gay

Sem categoria
30 de abril de 2013
por Genilson Coutinho


Jason Collins, pivô do Washington Wizards, da NBA (liga profissional de basquete dos EUA), tornou-se o primeiro atleta de uma grande liga esportiva americana a se declarar abertamente gay. Em depoimento ao site da revista “Sports Illustrated”, o atleta de 34 anos comentou:
“Eu não quis ser o primeiro atleta abertamente gay de um grande esporte americano. Mas já que sou, estou feliz. Eu não queria ter sido o garoto na sala de aula a levantar a mão e dizer: ‘Sou diferente’. Alguém já poderia ter feito isso. Mas não o fez. Por isso, levanto a mão”.
No texto, Collins comenta que começou a se descobrir homossexual na sua cidade natal, Los Angeles, Califórnia. Mas a decisão de se assumir gay floresceu em 2011, quando a NBA sofria com a greve dos jogadores.
“O primeiro parente para quem contei foi a minha tia Teri, que é juíza em São Francisco. A reação dela me surpreendeu: ‘Há anos eu sabia que você é gay’. Daquele momento em diante eu me senti confortável”, comentou o jogador, que já disputou duas finais da NBA.
“Eu não contei ao meu irmão até o meio do ano passado. A reação dele, durante um café da manhã, foi bem diferente daquela da tia Teri. Ele ficou muito espantado. Ele nunca desconfiou. Mas no jantar, ele estava cheio de amor fraternal”, acrescentou o jogador.
Em nota oficial, a diretoria do Wizards – time do brasileiro Nenê – afirmou:
“Estamos bastante orgulhosos de Jason e apoiamos a sua decisão de viver a vida abertamente”.Com informações do Globo Esporte