Personalidades e entidades serão homenageadas pelo GGB com troféu ‘Honra ao Mérito da Diversidade Cultural LGBT’

Comportamento, Social
3 de setembro de 2018
por Genilson Coutinho

Padre Alfredo da IBCM será um dos homenageados (Foto: Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE)

No próximo dia 9 de setembro, o Grupo Gay da Bahia (GGB) irá oferecer o troféu “Honra ao Mérito da Diversidade Cultural LGBT” a personalidades, órgãos públicos e entidades do movimento social, que se destacaram por suas relevantes contribuições à diversidade cultural LGBT, promovendo a criação de climas favoráveis para o fortalecimento da democracia na Bahia e no Brasil.

 Instituído em 2009, a entrega da honraria será realizada a partir das 11h, no Foyer do Teatro Castro Alves, no mesmo dia da 17ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia. Na ocasião, a soprano lírica Ana Clícia Ferreira fará uma apresentação acompanhada de viola, violino, violão e violoncelo. O Balé Teatro Castro Alves se apresentará juntamente com a cantora ao som da Suíte 2 “Rabanera” da ópera Carmen, de Georges Bizet, seguida do clássico “Conserto Para Uma Voz Só”, de Saint-Preux, Paris, 1950.

 Entre os 30 homenageados que compõe a lista, estão o Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e População LGBT (GEDEM), do Ministério Público da Bahia, o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), a Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM), o programa Mosaico Baiano, da Rede Bahia, o Esporte Clube Bahia e os atletas Amanda Nunes Leoa e Acelino Popó de Freitas.

 A relação ainda conta com três órgãos públicos de ensino superior que se destacaram por instituir a política de cotas para transexuais na graduação e pós graduação: Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA).

 Para o presidente do GGB, Marcelo Cerqueira, este é o momento para reconhecer essa abertura humanista que não é privilégio, mas política pública de inclusão social. “Essas pessoas merecem estímulo porque para muitas seria impossível, dada a cruel transfobia estrutural de nossa sociedade, vencer as barreiras e fazer carreira universitária, daí merecerem reconhecimento e políticas públicas específicas que tenham outras opções de trabalho além de prestação de serviços sexuais, como sucede com 90% das travestis”.

 Entre os homenageados, na área da saúde, destaca-se o Instituto Couto Maia, pela gestão humanizada da Dra. Ceuci Nunes e pela experiência positiva de Parceria Público-Privado em gestão da saúde, pesquisa, atenção e serviços voltados às doenças infecciosas e HIV.

A realização da 17ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia é do Grupo Gay da Bahia (GGB), Quimbanda e CBAA, com apoio do Estado da Bahia, Prefeitura Municipal da Cidade do Salvador, Uber e Dois Terços.

 Confira os nomes dos agraciados:

 Prefeitura Municipal do Salvador – SALTUR

 Secretária do Turismo do Estado da Bahia – BAHIATURSA

  Polícia Militar do Estado da Bahia

 Ministério Público do Estado da Bahia: Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e População LGBT (GEDEM)

 Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa (CEDAP)

Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

 Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

 Universidade Federal da Bahia (UFBA)

 Secretaria da Saúde do Estado da Bahia: Instituto Couto Maia (Icom)

 Sr. Carlos Martins

 Fundo PositHiVo

 Esporte Clube Bahia

 Sra. Amanda Nunes Leoa

 Sr. Acelino Popó de Freitas

 Programa Esporte Espetacular (Rede Globo)

 Sra. Paula Lice

 Sr. Kleper Reis

 Programa Mosaico Baiano (Rede Bahia)

 Site Bocão News

 Sr. José Augusto Vasconcelos

 Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB)

 Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM)

 Agência Propeg

 Sra. Olívia Santana

 Programa Do Babado (Metrópole FM)

 Casa de Apoio e Assistência do Portador do Vírus HIV/Aids (CAASAH)

 Bloco Cortejo Afro

 Secretaria Municipal da Reparação

 Estado da Bahia: Secretaria de Políticas para as Mulheres

 Fernando Guerreiro