Periódicus lança chamada de textos para dossiê sobre produções artísticas e as dissidências sexuais e de gênero

Comportamento, Social
25 de maio de 2016
por Genilson Coutinho

A Periódicus – revista de estudos indisciplinares em gêneros e sexualidades, lança hoje (dia 24 de maio, terça-feira) a chamada de textos para o dossiê de seu sexto número. O dossiê, intitulado Genealogias excêntricas: práticas artísticas queerfeministatrans e conhecimentos dessubjugados (leia chamada abaixo), será organizado pelos pesquisadores João Manuel de Oliveira (ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa) e Tiago Sant´Ana (UFBA). Ambos, juntamente com Thaís Faria (UFBA), hoje participam de uma mesa redonda com o mesmo título no encerramento das atividades do grupo de pesquisa em Cultura e Sexualidade (CUS) no Maio da Diversidade 2016. A atividade ocorrerá às 17h, no auditório 1 do PAF 5 (campus da UFBA em Ondina). O prazo para envio de textos ao dossiê encerra dia 11 de setembro.
O quinto número da revista Periódicus deverá ser lançado em junho de 2016, com o dossiê intitulado Corpo, política, psicologia e psicanálise: a produção de saber nas construções transidentitárias, organizado por Patrícia Porchat, professora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (campus Bauru), e Thamy Ayouch, professor da Universidade de Lille 3. O dossiê contará com 17 textos dos 29 submetidos. O quarto número da revista conta com o dossiê Guerrilha de linguagem (foto capa), organizado por Carlos H. Lucas, Anselmo Peres Alós. Para acessar a revista clique aqui.
A revista é uma publicação semestral de divulgação científica do Grupo de Pesquisa CUS – Cultura e Sexualidade, criado em 2007 e vinculado à Universidade Federal da Bahia, ao Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos, ao Programa Multidisciplinar de Pós-graduação em Cultura e Sociedade e ao Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT).
Leia a chamada de textos para o sexto dossiê:
O dossiê “Genealogias excêntricas: práticas artísticas queerfeministatrans e conhecimentos dessubjugados” prevê como espaço de imersão projetos e iniciativas que investigam uma genealogia das políticas de dissidências sexuais e de gênero através das artes. Partindo por outras vias que se distanciam do cânone acadêmico, a proposta é entender como poéticas artísticas, escritas indisciplinadas e outras modalidades de conhecimentos subjugados foram esquecidas na escrita da história do que viríamos a conhecer hoje como “queer”. Com esse dossiê, buscamos realizar um trabalho de garimpagem de relatos, críticas e outros formatos de composição de saberes que dialoguem com as artes e políticas da dissidência sexual e de gênero, numa tentativa de observar linhas de fuga para outra genealogia do queer. O dossiê deseja ainda reunir outras traduções artísticas que realizem uma torção ou estranhamento à própria ideia de queer, como as artes cuir, cu, quAre, etc. Este excêntrico é, pois, duplo, um saber/práxis dessubjugado e fora dos centros da colonialidade e da legitimação dos saberes.

Prazo para envio de textos: 11 de setembro de 2016
Os textos deverão ser enviados exclusivamente para o e-mail revistaperiodicus@ufba.br dentro das normas disponíveis na sessão ‘Diretrizes para autores’ no site da revista . A sessão livre recebe submissões em fluxo contínuo.