“Pensava que iria ao inferno por ser gay”, diz Silva em entrevista

Música, No Circuito
9 de julho de 2020
por Genilson Coutinho

O cantor Silva conta que sofreu “muito bullying” quando era criança por ter a voz fina e personalidade doce. O artista, que hoje namora o empresário Renan Mantovaneli, disse ainda que, tendo criação evangélica, pensava que iria ao inferno por ser gay. “Eu sofria muito bullying na escola. Tinha uma voz muito aguda, parecia um passarinho. Lembro que demorei um pouco para mudar de voz. Sempre fui um cara mais delicado, doce, de personalidade calma.”

“Eu sofria muito bullying na escola. Tinha uma voz muito aguda, parecia um passarinho. Lembro que demorei um pouco para mudar de voz. Sempre fui um cara mais delicado, doce, de personalidade calma.”

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.