Pedro Almodóvar se irrita com o título de diretor gay

Notícias
5 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

O cineasta espanhol Pedro Almodóvar confessou em uma nova entrevista à revista Attitude que ele nunca tentou esconder sua homossexualidade, mas afirmou que a primeira vez que o etiquetaram como ‘diretor gay’ se sentiu moralmente julgado.

Almodóvar assegura que se irritou com esse título, que veio à partir de sua projeção nos Estados Unidos.

“Quando meus filmes começaram a chegar nos Estados Unidos foi quando começaram a se referirem a mim como ‘Pedro Almodóvar, o cineasta gay’. Essa foi a primeira que aconteceu e tive uma sensação de que estava sendo julgado moralmente”, disse.

O espanhol acusa que os membros da comunidade LGTBQ ainda são identificados por sua preferência sexual e não por suas conquistas, o que para ele ‘é lamentável’.