Paulinho Moska apresenta “VIOLOZ” para o público baiano; ingressos já estão à venda

Música, No Circuito
22 de fevereiro de 2016
por Genilson Coutinho

Paulinho Moska ao longo de sua trajetória sempre se apresentou em dois formatos: com banda ou somente com seu violão e sua voz. Esses shows solos acontecem desde que ele começou sua carreira, afinal a facilidade de viajar pelo mundo com o violão debaixo do braço e cantando o que compunha o seduzia também pela relação mais direta entre o artista e seu público. As canções ficam mais fiéis às composições originais e ganham a força de expressão do autor tocando e cantando “do mesmo jeito que foram compostas”. É desse jeito mais intimista que o carioca vem ao Palco Principal do Teatro Castro Alves no dia 20 de março, às 20h, para apresentar VIOLOZ ao seu público baiano.

Pela primeira vez Moska decidiu levar seus violões preferidos pra estrada e fazer um show onde possa tocar diferentemente as suas canções, por isso VIOLOZ é mais do que “uma voz e uns violões”. Neste formato, Moska traz um violão com cordas de Nylon, um violão com cordas de aço, um violão barítono (afinado em Si), um violão híbrido (violão guitarra) e um ukelelê, que são, agora, os parceiros do músico na estrada.

VIOLOZ é um papo reto e sincero onde o repertório é o DNA fundamental do que se apresenta concentrado nas canções que tiveram mais comunicação com o público como “Pensando em Você”, “A Seta e o Alvo”, “A Idade do Céu”, “Lágrimas de Diamantes”, “Último Dia”, “Tudo Novo de Novo”, “Namora Comigo”, “Somente Nela”, “Admito Que Perdi”, “Relampiano”, “Quantas Vidas Você Tem?”, “Sem Dizer Adeus”, “Muito Pouco”, além das duas regravações recentes feitas para as trilhas das novelas globais “Império” (Enrosca, de Guilherme Lamounier) e “Sete Vidas” (Terra, de Caetano Veloso), ambas sucessos nas rádios do Brasil. Outra surpresa é que Moska vai apresentar neste show algumas canções do disco Hermanos (2015), parceria com o argentino Fito Paez. Tudo isso com cenário e luz desenhados para criar uma atmosfera de intimidade e entrega com a poesia cantada e agora tocada por cinco instrumentos.

Importante! Os ingressos para este show estão à venda em conformidade com a Lei Federal 12.933/2013. Portanto, a concessão do direito ao benefício da meia-entrada será assegurada em 40% (quarenta por cento) do total dos ingressos disponíveis para o evento.

Os ingressos começam a ser vendidos dia 20 de fevereiro (sábado) e a classificação do show é de 14 anos.

Clique AQUI e garanta seu ingresso.

Data: 20/03/2016

Horário: 20:00

Valor: Filas A a W – R$100,00/R$50,00 e filas X a Z11 – R$80,00/R$40,00