Parada LGBT da Bahia terá duas madrinhas

Notícias
29 de junho de 2017
por Genilson Coutinho
Apresentação1

“Viver Livres na Cidade que Amamos” tema da 16ª edição da Parada Arte/ Dois Terços

A 16ª  edição da Parada LGBT da Bahia, que acontece dia 10 de setembro, terá mais de uma madrinha. A confirmação de Flora Gil, esposa do cantor  Gilberto Gil, como madrinha, foi confirmada pelo presidente do GGB, Marcelo Cerqueira. Flora irá dividir o reinado com a jornalista Maíra Azevedo, que já havia confirmado no inicio do ano a sua participação.

Esta é a primeira vez que a Parada terá duas madrinhas.

Segundo Marcelo, o convite foi confirmado no início da manhã desta quinta-feira, (28). Mas vamos esperar, pois, até o dia da Parada, mais uma madrinha poderá se juntar ao time, pois há romores de convite à cantora Ivete Sangalo.

Para padrinho desta edição, o publicitário Nizan Guanaes figura na lista de possível padrinho do evento, que de acordo com o GGB pretende reunir mais de 900 mil pessoas nas do circuito do Carnaval de Salvador.

A jornalista Maíra Azevedo recebeu  com alegria a notícia de mais uma madrinha na luta contra a homofobia, na 16ª Parada LGBT da Bahia . Em conversa com O Site Dois Terços, ela  ressaltou a importância de muitas madrinhas e padrinhos na luta contra  a homofobia: “ Primeiro, que Flora tem uma história muito forte ligada à cultura, não por ser mulher do cantor Gilberto Gil, mas sim porque sempre fomentou a cultura, onde a arte o respeito à  diversidade sempre foram muito fortes. Vejo como grande importância a vinda dela, e digo mais, deveríamos ter muitas madrinhas e muitos padrinhos, pois o debate contra a homofobia não deve ser apenas restrito à comunidade LGBT,  mas sim a  todas as pessoas que lutam em prol da cidadania e dos direitos humanos, onde as pessoas possam amar quem quiser“, decretou a madrinha