Parada de Brasília fará exposição de fotos com LGBT discriminados; veja como participar

Comportamento, Social
16 de maio de 2016
por Genilson Coutinho

Associação da Parada do Orgulho LGBTS de Brasília fará exposição fotográfica com pessoas do segmento que já tenham sofrido discriminação. A proposta é mostrar histórias reais e sensibilizar quem ainda se opõe à cidadania arco-íris.

Para tal, a entidade pede que LGBT que moram no DF e desejam contar suas histórias escrevam até 30 de maio para paradabrasilia@gmail.com.

As fotos e toda produção da mostra, que terá instalação em espaço público de grande circulação de pessoas, serão feitas pela Conspiração Libertina, marca com estampas ativistas em tatuagens temporárias, adesivos e ímãs, por exemplo.

A iniciativa é forma de dar visibilidade ao tema da marcha brasiliense, que chega à sua 19ª edição em 26 de junho. A caminhada, que sairá do gramado do Congresso Nacional, foca a cobrança junto ao governo local para regulamentar a lei nº 2.615. A norma pune discriminação por orientação sexual e espera os detalhes de sua aplicação desde 2000.