Padre Fábio de Melo condena recentes ataques homofóbicos recentes

Sem categoria
22 de julho de 2011
por Genilson Coutinho

"Nós não podemos tratar essas questões com esse moralismo cego, que nos impede de ver o outro" diz o religioso sobre a homossexualidade

O padre Fábio de Melo usou seu twiter para comentar o crime ocorrido semana passada na cidade paulista de São Jo]ao da Boa Vista, quando um homem confundido com gay teve sua orelha decepada. “Um crime hediondo. Achar-se no direito de agredir alguém na tentativa de fazer prevalecer um modo de pensar. Desaprendemos muita coisa. O respeito, por exemplo”, completou. Ele também criticou religiosos que usam a fé para justificar crimes homofóbicos. “O pior criminoso é aquele que sacraliza suas maldades. É o que se diz bendito, porque está protegido sob a frágil casca religiosa”.

“A acentuação moral sobre os pecados da sexualidade e o esquecimento de outras questões importantes geram estas atitudes”, diz o padre.

Sobre a homosseuxalidade, o padre disse recentemente: “Não sou eu quem vou fazer julgamento de ninguém. Todos nós temos nossas fraquezas e não vou entrar no mérito do que é certo ou o que é errado, porque todo mundo já sabe. A sexualidade é uma questão muito complexa. Quando nós falamos de sexualidade, parece que estamos falando do pior pecado do mundo. Pelo amor de Deus, não é isso. Nós não podemos tratar essas questões com esse moralismo cego, que nos impede de ver o outro” diz.

Fonte: UOL