ONU Mulheres e parceiros lançam nestaa sexta-feira (23) plataforma para igualdade de gênero nas eleições

Comportamento, Social
23 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

Urna eletrônica. Foto: U.Dettmar/ASICS/TSE

Com o objetivo de trazer este princípio para as eleições municipais de outubro deste ano, a ONU Mulheres, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Instituto Patrícia Galvão e o Grupo de Pesquisa sobre Democracia e Desigualdades da Universidade de Brasília (Demodê/UnB) lançam nesta sexta-feira, dia 23 de setembro, às 10h na Casa da ONU, em Brasília, a plataforma online “Cidade 50-50: Todas e Todos pela Igualdade”.

Por meio da plataforma digital, candidatas e candidatos dos 5.568 municípios brasileiros poderão se cadastrar e assumir, publicamente, compromissos com a promoção dos direitos das mulheres, durante a campanha eleitoral.

As eleitoras e os eleitores, por sua vez, ao acessarem a plataforma digital, também terão condições de identificar as propostas de suas candidatas e candidatos para este tema e, depois, cobrar a realização destes compromissos, caso sejam eleitas e eleitos.

O objetivo é que a plataforma Cidade 50-50 seja uma ferramenta importante na promoção da igualdade de gêneros na política. Um espaço a ser consultado por eleitoras e eleitores preocupados com a questão da paridade, fundamental para uma sociedade mais democrática.

A plataforma “Cidade 50-50” tem como origem os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), adotados pelos Estados-membros da ONU, e a iniciativa global “Por um Planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero”, lançada pela ONU Mulheres.

As eleições municipais são um momento propício para se fazer esse diálogo. É quando candidatas e candidatos pelo país afora debatem com a sociedade sua agenda de prioridades para as cidades nos próximos quatro anos.

A plataforma estará disponível para toda candidata ou candidato já registrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Basta preencher o formulário disponível no link cidade5050.org.br e enviar sua proposta de candidatura à ONU Mulheres.

Áreas de atuação

Ao acessarem a plataforma, as candidatas e os candidatos poderão assumir compromissos em seis grandes áreas de atuação:

  • Governança e financiamento: trata sobre a gestão pública com perspectiva de gênero;
  • Empoderamento econômico: assegura que os talentos, habilidades e a experiência das mulheres possam ser desenvolvidas em sua plenitude;
  • Participação política: promove oportunidades e condições para que as mulheres participem da vida pública e da política das cidades em pé de igualdade com os homens;
  • Educação inclusiva: inclui temas relacionados à igualdade de gênero e raça na educação e no cotidiano social;
  • Enfrentamento à violência contra as mulheres: promove o fortalecimento da rede que atende mulheres em situação de violência, com qualidade e respeito, nos espaços públicos e privados;
  • Saúde: chama a atenção para a implementação de serviços municipais que garantam atendimento adequado às mulheres e meninas em sua diversidade.

Lançamento da plataforma digital “Cidade 50-50: Todas e Todos pela Igualdade”

Data: 23 de setembro de 2016
Horário: 10h
Local: Casa das Nações Unidas no Brasil – Complexo Sergio Vieira de Mello
Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 , Conjunto C, Lote 17 – Brasília/DF