‘Ódio de Bolsonaro por travestis pode ser atração’, diz Gal Costa

Comportamento, Social
29 de setembro de 2018
por Genilson Coutinho

A cantora Gal Costa concedeu uma entrevista para o Uol, em que falou sobre o atual cenário político do país, com Jair Bolsonaro indo para o 2º turno das eleições presidenciais segundo apontam as pesquisas.

Ao ser perguntada sobre o candidato do PSL, Gal diz que “as pessoas estão votando em Bolsonaro por ódio ao PT; o cara é um voto de ódio”.

 A cantora completa: “Ele é racista, homofóbico, grita com mulher. Quem respeita os outros não quer um presidente assim. Ter ódio de um cara só porque ele é travesti é muito estranho. Talvez esse ódio seja uma atração”.

Gal Costa aderiu ao movimento #EleNão, que vem tomando conta das redes sociais, e afirmou: “já fui xingada”. Para ela, os homens também devem participar da campanha. “Todos juntos podemos derrotar uma coisa negativa”.

Ela também disse que artistas devem se posicionar politicamente. “Como dizia Brizola, artista não dá voto, mas tira”.