O curta Desterro é um dos finalistas do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2013

Sem categoria
8 de julho de 2013
por Genilson Coutinho

Após ser apresentado ao público europeu no festival IndieLisboa (Portugal), o curta-metragem “Desterro” é um dos finalistas do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2013, na categoria Curta – Documentário. Dirigido por Cláudio Marques e Marília Hughes, o filme se desenrola a partir das memórias de dona Pequenita e Tereza Fróes Batalha sobre a construção da usina hidrelétrica de Sobradinho, no interior da Bahia. Dona Pequenita é a única das 73 mil pessoas transferidas por conta da construção a voltar à região.
Instituições cinematográficas selecionam os concorrentes para a primeira etapa das três categorias de curtas-metragens (documentário, animação e ficção) do Grande Prêmio. Nesta 12ª edição da premiação, ainda sem data definida, a escolha foi feita pela Associação Brasileira de Documentaristas, Fórum dos Festivais, Curta o Curta, Porta Curtas, Associação Brasileira de Cinema de Animação e Tempo Glauber.
Premiado por Melhor Desenho de Som no 3º Festival de Cinema Baiano, realizado em junho, “Desterro” é o sexto curta dirigido conjuntamente por Cláudio e Marília, cineastas que acumulam 38 premiações e 148 participações em mostras e festivais. No momento, eles finalizam “Depois da Chuva”, exibido como Work in Progress na última edição do Festival de Cannes e do Festival de Cinema Independente de Buenos Aires (Bafici).