O amor de Zélia e Jorge será tema de leitura dramática em Salvador

No Circuito, Teatro
7 de julho de 2015
por Genilson Coutinho

Foto Na Casa do Rio Vermelho Renato Santos e Luciana Borgui Crédito Andréia Rocha (1)

Nos dias 11 e 12 de julho será realizada no Teatro Eva Herz, na livraria Cultura, a leitura dramática do espetáculo “Na Casa do Rio Vermelho” o amor de Zélia e Jorge, como lançamento do projeto comemorativo que acontecerá em 2016, ano do centenário da autora, em parceria com a Fundação Casa de Jorge Amado.

A encenação do espetáculo será a história de vida do casal Jorge Amado e Zélia Gattai, uma história tão inspiradora quanto um conto amoroso Shakespeariano, mas com final feliz e eterno, pois as cinzas dos dois repousam no jardim da casa onde moraram  no bairro do Rio Vermelho em Salvador, que hoje virou um Memorial aberto a visitação.

A vida do casal Zélia e Jorge é uma aula de história do Brasil, pois ambos fomentaram a cultura de uma forma bem distinta, ele com uma linguagem particular e pitoresca em seus romances que confundem ficção com verdade, e ela, uma autora memorialista que passeia com os fatos e imagens do período mais conturbado do Brasil na ditadura. Mesmo sendo perseguidos ou exilados, sempre valorizaram as relações afetivas que vai de Sartre a Neruda.

A construção da peça segue um roteiro memorialista com uma linguagem dos fatos e imagens relatados por Zélia Gattai, que vira personagem da sua própria história e tudo acontece num simples momento em que ela vai se despedir sozinha da casa do Rio Vermelho.

Os autores Renato Santos e Luciana Borghi optaram por contar a historia do casal de uma forma prática e cronológica respeitando os fatos de maior relevância pública.

A direção de Renato Santos prima por uma forma bem naturalista na encenação. A preparação da atriz principal, Luciana Borghi, está sendo construída na busca emocional da memória de Zélia, com uma ideia bem contemporânea sem pesar na encenação, que é permeada por músicas de Dorival Caymmi e Vinicius de Moraes, amigos de Jorge e Zélia, formando a principal trilha sonora deste romance.

A direção e a intervenção musical ficam por conta do diretor musical Roque Gomes, baiano de Jacobina.

A dupla Luciana Borghi e Renato Santos se apresentaram no ano 2011 no Teatro Jorge Amado com o espetáculo Electra de Copacabana, desde  então se mudaram para Salvador para a realização do projeto a Tenda dos Milagres, acalentado há anos pelo diretor.

 

SERVIÇO:
O quê: Leitura Dramática do Espetáculo “ NA CASA DO RIO VERMELHO”
DIAS: 11 e 12 de julho de 2015
Horário: Sábado e domingo – 19H
Onde: Teatro Eva Herz – Livraria Cultura Salvador Shopping
Entrada:  Gratuita.
Solicitação de 1kg de alimento não perecível para doações em  instituições carentes.
Classificação etária: 12 anos
Duração: 70 min
Informações: 3341-4411/ 3505-9050