Novo Papa já disse que lei de casamento gay é coisa de Satanás

Sem categoria
14 de março de 2013
por Genilson Coutinho

Como a Argentina já aprovou o casamento gay e adoção de crianças por casais homossexuais, são muitas as declarações sobre estes temas nos sermões do novo Papa Francisco I, principal nome da Igreja católica no País e agora no mundo.

“Está em jogo a sobrevivência da família: papai, mamãe e filhos. Está em jogo a vida de muitas crianças que serão discriminadas de antemão, privando-as do amadurecimento humano que Deus quis que acontecesse com um pai e uma mãe. Está em jogo uma rejeição direta contra a lei de Deus. Não é apenas um projeto legislativo, mas um “movimento” do Pai da Mentira, que visa confundir e enganar os filhos de Deus. É Satanás quem está por trás desta lei, como também por trás do projeto que pretende descriminalizar o aborto”, disse o então cardeal na época da votação da lei do casamento gay argentina.

O novo papa é visto como um ortodoxo inflexível em matéria de moral sexual e como convicto opositor do aborto e da união homossexual. Há dois anos atrás ele já tinha feito uma declaração sobre a adoção por casais homoafetivos, onde ele afirmava que era uma forma de discriminação contra as crianças, o que rendeu uma resposta pública da presidente argentina Cristina Kirchner.