Nova temporada do 3º ROUND – Circuito de Rima Improvisada inicia dia 4 de abril, no Pelourinho

Música, No Circuito
30 de março de 2015
por Genilson Coutinho

3º Round-foto_FernandoGomes ok

Está aberta a temporada de 2015 do 3º Round – Circuito de Rima Improvisada. Considerado o maior evento com batalha de rima do Norte/Nordeste, a primeira edição desta quarta temporada será realizada 04 de abril (sábado), a partir das 19h, na Praça Tereza Batista (Pelourinho) e seguirá até dezembro. O “Tercerô”, maneira como a festa foi apelidada pelo público, tem o objetivo de promover o encontro de MC’s para batalhas de improviso, em cima da discotecagem da Dj Nai Sena. Ao final da batalha, o vencedor leva para casa um kit da loja Afreeka.

Além das batalhas, o público vai contar com a apresentação do mineiro Douglas Din, bi campeão do duelo de MC’s nacional, do carioca Dropê MC e do baiano Raulzito. O projeto idealizado pelo André Costa (MC Coscarque) e realizado pelo Coletivo Boom Clap, traz ainda uma roda de break e o graffite do artista Zezé Olukemi. Contemplando a economia solidária, uma feira de materiais independentes ligados à cultura Hip Hop será montada no local. O evento tem apoio do Pelourinho Cultural, Centro de Culturas Populares Identitárias, Loja Afreeka, Tau Street Store e Os Pannos

Sobre as Batalhas de Rima

Provar a dominação provocando o concorrente usando as rimas como espada e escudo. Essa é uma das particularidades das Batalhas de Rimas, onde os versos são feitos e customizados na hora pelos MC’s que empunham os microfones sobre os instrumentais ordenados por um DJ, demonstrando suas habilidades em improvisar versos. Essa forma de duelo remete aos repentes nordestinos, só que aqui usando a urbanidade e influências das grandes cidades como temas e adubo para inspiração.

 

SERVIÇO

3º ROUND – Circuito de Rima Improvisada

Atrações: Batalha de Rima e os MC’s Douglas Din, Dropê e Raulzito

Data/hora: 04 de abril, às 19h

Local: Praça Tereza Batista (Pelourinho)

Valor: R$5 – vendas no dia e local do evento, com entrada imediata

Realização: Coletivo Boom Clap

Apoio: Pelourinho Cultural, Centro de Culturas Populares Identitárias, Loja Afreeka, Tau Street Store, Os Pannos e Arte Bastarda