Nova plataforma permite que o público financie eventos

Sem categoria
17 de julho de 2012
por Genilson Coutinho

Você tem um projeto legal e está faltando capital para por em prática? Que tal utilizar o crownfunding? Mecanismo que vem ganhando força na internet, o crownfunding ou financiamento coletivo, permite que projetos de áreas diversificadas como artes, jornalismo, tecnologia entre tantos outros sejam financiados através de arrecadação on-line feitas em plataformas virtuais especializadas. Antenados nesta novidade, a Dan – Diversão, Arte e Negócios, Duo Criatividade e Digita, trazem para Salvador o PraRolar.com.br, primeira plataforma de financiamento coletivo da Bahia, voltada para cultura e entretenimento, cujo lançamento acontecerá no mês de agosto.

Em fase de captação de projetos o Pra Rolar permite atender à demanda do público, viabilizando que grandes atrações sejam elas musical, teatral ou de qualquer outra natureza possam ser realizadas, fazendo com que Salvador e outras regiões mais carentes de cultura se tornem parada obrigatória para grandes eventos. A expectativa dos seus criadores é que em breve sua atuação atinja todo o Nordeste. “Acreditamos muito na criatividade e inovação do público nordestino assim como a carência de todo o território pela diversidade cultural. O nosso objetivo é aumentar o fluxo de cultura e sua diversidade, além de democratizar e dar participação do público na escolha das atrações. Iniciaremos a atuação pela Bahia e planejamos até março 2013 ter projetos captados para serem realizados em outras cidades do nordeste devido Web e as redes sociais”, diz Danilo Coutinho, Sócio Diretor da Dan Produções e idealizador do Pra Rolar.

Para ter o projeto integrado ao Pra Rolar o autor da ideia deverá seguir um roteiro básico de preenchimento de informações necessárias para que a sua ideia se torne sedutora, inovadora, criativa e simpatizante com a causa ou objetivo e inspire confiança ao público investidor. Além disso, explica Coutinho, é necessário que o projeto contenha argumentos e histórico do captador para que o investidor tenha segurança no que vai investir a exemplo de links externos para páginas pessoais, da empresa ou do projeto, perfis nas redes sociais, blogs e sites com notícias relacionadas ao projeto e ainda, um breve orçamento descrevendo os principais gastos do projeto.

Feito isso, o projeto passará por uma análise de curadoria feita pela equipe interna do Pra Rolar, que avaliará a consistência do projeto e o seu potencial de captação. A partir daí, sendo o projeto inserido na plataforma do Pra Rolar os indivíduos que se interessem em apoiar fazem doações – cada um dá o que quer ou o que pode conforme as cotas estabelecidas. Em troca, o dono do projeto oferece uma recompensa – se o projeto anunciado for um show, por exemplo, os “investidores” podem recebervantagens exclusivas que vão desde ingressos cortesia, área vip, serviços diferenciados, eventos “all inclusive”, entre outros.

Todo projeto cadastrado tem um período mínimo de captação de recursos de 30 dias até o prazo máximo de 90 dias a depender do valor requerido para financiamento. Caso o projeto dentro desse período solicitado não alcance a meta monetária requerida todos os apoiadores receberão o dinheiro de volta em seu valor integral. O reembolso ocorrerá em mais ou menos 15 dias após a data final de termino da captação.