Noite Ilustrada: Miguel Maya estreia novo show neste domingo (11),no teatro Gamboa Nova

Música
9 de janeiro de 2015
por Genilson Coutinho

miguel2

O cantor baiano Miguel Maya não era nascido quando o sambista Noite Ilustrada fazia sucesso no Brasil, no final dos anos 50 e início dos anos 60. Mas são as memórias da sua infância que o fez revisitar a obra do violonista, cantor e compositor, morto em julho de 2007, mas que gravou mais de 20 discos, dentre eles o memorável Perfil de um sambista. O pai de Miguel Maya foi o responsável por apresentar ao caçula, na época, o universo de Noite Ilustrada, apelido que Mário Souza Marques Filho ganhou do humorista Zé Trindade. Agora, com 20 anos de carreira, Miguel Maya presta uma dupla homenagem: ao pai, também Miguel, e ao sambista mineiro, em uma série de shows aos domingos que estreia dia 11 de janeiro e vai até o dia 25 do mesmo mês, às 17hs, no Teatro Gamboa Nova, nos Aflitos. Ingressos a preços populares R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), à venda a partir da primeira semana de janeiro na bilheteria do teatro.

No show, o cantor Miguel Maya explora os grandes sucessos na voz do homenageado. No repertório, as grandes canções conhecidas do público como Volta por cima, Minha rainha, Água bebida, Esperanças perdidas, O Samba não pode parar, Toalha de mesa, dentre outras, ganham uma roupagem de samba pra lá de especial. A essência do samba defendida por Noite Ilustrada será a tônica do show com duração de 1h30 minutos.

“Nesse show, queremos homenagear o samba, o ritmo mais brasileiro de todos. E também sua influência na cultura brasileira. Noite Ilustrada gravou os mais belos sambas-canções de compositores da mais alta patente, a exemplo de Ataulfo Alves, Paulo Vanzolini e Lupicínio Rodrigues, dentre outros. É essa lembrança que quero trazer para o palco”, comenta Maya.

A voz marcante do intérprete e a presença de palco, adquirida na experiência como ator faz do espetáculo uma experiência cênica rica. A cuidadosa direção artística de Kleber Sobrinho, que entre seus trabalhos recentes assinou a direção do espetáculo cênico musical O Fino no Samba, transformou o espetáculo Miguel Maya em Noite Ilustrada numa grande roda de samba lúdica. A poesia do samba será o norte para o show. “O público pode esperar um show inesquecível. Para àqueles que gostam de samba e para os que simpatizam com o estilo musical. Sem esquecer-se dos saudosistas da época em que o samba alcançou seu momento glorioso na história da música brasileira”, explica o diretor. Maurício Lourenço assina a direção musical.

O show-homenagem a Noite Ilustrada é, ainda, uma grande oportunidade para as novas gerações conhecerem um pouco da obra e da história de Noite Ilustrada, que é considerado por muitos como o porta-voz da Velha Guarda, pela sua importante relação com os sambas do Rio de Janeiro e de São Paulo,

SERVIÇO

O que? Miguel Maya em Noite Ilustrada

Quando? Aos domingos de janeiro, dias 11, 18 e 25.

Onde? Teatro Gamboa Nova

Horário: 17hs

Ingressos: Preços populares R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)