No dia do sexo, Hotel Chilli Pepper realiza ação preventiva contra o HIV

AIDS em pauta, Comportamento, Social
1 de setembro de 2014
por Genilson Coutinho

 

diado

Um relatório divulgado recentemente pela Unaids (Programa das Nações Unidas para HIV e Aids) revelou que o número de pessoas infectadas com o vírus no Brasil aumentou em 11% entre 2005 e 2013. O resultado vai na contramão da média mundial, que apresentou queda no mesmo período.

Para ajudar nesse controle, a Fiocruz – Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e o Centro de Referência e Treinamento em AIDS-SP estão desenvolvendo o projeto PrEP Brasil,  que traz implementação da Profilaxia Pré-Exposição ao HIV. Trata-se de um projeto demonstrativo, com o objetivo de avaliar a aceitação, viabilidade e a melhor forma de oferecer um tratamento preventivo contra o vírus à população.

O objetivo é recrutar um total de 500 homens gays e travestis que estejam sob alto risco de adquirir a infecção. Desde 2010, os resultados de várias pesquisas vêm comprovando que o uso diário de 1 comprimido de um medicamento que combina dois ARVS, comercializado com o nome de Truvada, é eficaz na prevenção da aquisição do HIV por via sexual. A eficácia chega a 99% se o indivíduo fizer uso regular do medicamento e os efeitos colaterais mais comuns foram leves e temporários, segundo as pesquisas.

Os resultados desse projeto darão mais embasamento para que o governo federal adote a terapia preventiva com o Truvada aqui no Brasil, como  já é feito nos Estados Unidos desde 2012. Todos os participantes da pesquisa serão avaliados por médicos e passarão por aconselhamento para gerenciamento de risco e realizarão exames laboratoriais.

Dentro dessa campanha, no próximo dia 06 de setembro, onde se comemora o Dia do Sexo, o 269 Chilli Pepper, misto de hotel e sauna gay  localizado no Largo do Arouche, em São Paulo, fará uma ação especial abordando seus hóspedes sobre o tema e tentando angariar voluntários para pesquisa.

Na capital paulista, os interessados devem procurar o Centro de Pesquisa Clínicas do Hospital das Clínicas FMUSP (nos telefones 11 2661-3344 ou 11 949966134) ou o CRT-DST/AIDS (11 50879851). No Rio de Janeiro, os voluntários devem procurar a Fiocruz nos telefones (21) 2260-6700 ou (11) 3865-9659.