No dia 29 de agosto, é comemorado o Dia da Visibilidade Lésbica

Sem categoria
29 de agosto de 2011
por Genilson Coutinho

Os LGBT enfretam um problema que vem do fato de serem agrupados por serem distoantes da norma heterossexual: a saber, dentro da sigla cabem as mais diversas manifestações da expressão afetiva e identitária. O que agrupa também acaba por apagar. Assim, no dia 29 de agosto, é comemorado o Dia da Visibilidade Lésbica como forma de amplar a luta por direitos civis na sociedade.

Vítimas de discriminação de gênero, por serem mulheres, e de orientação sexual, por serem lésbicas, o dia 29 de agosto foi escolhido como o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, em 1995, no 1° Seminário Nacional de Lésbicas, para explicitar esta luta e promover a discussão das especificidades lésbicas tanto no movimento de mulheres como no movimento pelos direitos homossexuais.

Vale a pena lembrar que Salvador foi a primeira cidade da América Latina a proibir a discriminação por orientação sexual em sua Lei Orgânica Municipal.
A lei municipal 5.275, de 09 de setembro de 1997 instituiu penalidade à prática de discriminação em razão de opção sexual. E a lei orgânica do município, de maio de 2005, estabeleceu condições igualitárias a todas as pessoas, independentemente de sexo, cor, raça, orientação sexual. A Bahia, através da Lei estadual 5.275, de 9 de setembro de 1997, instituiu penalidade à pratica de discriminação em razão de opção sexual.
Lesbos. A palavra lésbica tem origem na ilha de Lesbos, capital de uma Ilha na Grécia, onde há mais ou menos 2.600 anos, nasceu e viveu a famosa poetisa grega chamada Safo. Os versos de Safo falavam do amor entre as mulheres e da paixão por suas companheiras. Para as lésbicas, a palavra tem origem muito bonita, com conotação de força e liberdade.

 SEMANA DA VISIBILIDADE LÉSBICA EM SALVADOR

Segunda, 29 de agosto de 2011

Café da Manhã das Lésbicas Negras e Convidadas

Articulação de Lésbicas Negras da Bahia, Rede Afro LGBT, Núcleo de Irmandade de Artes Negras – NuBIAN, Núcleo Negro do Teatro do Oprimido – NNTO e Felipa de Souza – Negras Lésbicas

A partir das 8h, no CEAO (Largo 2 de Julho)

 

Segunda, 29 de agosto de 2011

Mostra de Filmes e Conversa sobre temática Lésbica na Sociedade

A partir das 19h, no Restaurante Flor de Mandacaru (na Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia, próximo à Praça Dr. Mário Macedo Costa)

Articulação de Lésbicas Negras da Bahia, Rede Afro LGBT, Núcleo de Irmandade de Artes Negras – NuBIAN, Núcleo Negro do Teatro do Oprimido – NNTO e Felipa de Souza – Negras Lésbicas

Veja o convite clicando aqui

Terça, 30 de agosto de 2011

XLII Vigília Feminista pelo Fim da Violência contra as Mulheres

Estação da Lapa, das 17h30 às 19h

Focalizando a Violência contra as Mulheres Lésbicas

Veja o convite clicando aqui

Quarta, 31 de agosto de 2011

Sessão Especial pelo Dia da Visibilidade Lésbica

Realização: LesBiBahia em parceria com o mandato das vereadoras Marta Rodrigues (PT) Vânia Galvão (PT)

Às 19hs, no Plenário Cosme de Farias, Câmara Municipal de Salvador

Veja o convite clicando aqui

Sábado, 3 de setembro de 2011

Festa Performática para Lésbicas

A partir das 17h, no Restaurante Flor de Mandacaru (na Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia, próximo à Praça Dr. Mário Macedo Costa)

Articulação de Lésbicas Negras da Bahia, Rede Afro LGBT, Núcleo de Irmandade de Artes Negras – NuBIAN, Núcleo Negro do Teatro do Oprimido – NNTO e Felipa de Souza – Negras Lésbicas

Em caso de violência, quebre o silêncio e denuncie!

Procure se informar e procure ajuda!
DENÚNCIA ANÔNIMA:  71/ 3235-0000 ou 180

Central de Atendimento à Mulher