Natura Musical oferece com exclusividade download e streaming dos primeiros singles dos novos álbuns das cantoras baianas Larissa Luz e Manuela Rodrigues

Música, No Circuito
10 de dezembro de 2015
por Genilson Coutinho

O Natura Musical apresenta para download e streaming os primeiros singles dos álbuns das novas cantoras e compositoras baianas Larissa Luz e Manuela Rodrigues, previstos para lançamento no início de 2016, no www.naturamusical.com.br.

A cantora baiana Larissa Luz gravou com Elza Soares o primeiro single do seu novo disco, Território Conquistado. A faixa que dá nome ao disco tem letra e música de Larissa. O projeto, que inclui sua gravação e shows de lançamento no Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, foi selecionado pelo Edital Natura Musical Bahia 2014.

A cantora e compositora baiana Manuela Rodrigues libera Bagagem, de seu terceiro disco autoral e de estúdio, Se a canção mudasse tudo. O projeto, que inclui sua gravação e shows de lançamento, foi selecionado pelo Edital Natura Musical Bahia 2013.

Território Conquistado fala sobre mulheres negras e sua sexualidade, estética, fé e conquista de espaço. “Homenageio algumas mulheres relevantes nesse processo como Bell Hooks, Makota Valdina, Carolina de Jesus, Chimamanda Ngozi Adichie, Nina Simone…”, Larissa comenta. “Estamos em constante progresso!! Essa faixa reflete o sentimento e invasão de sensações que me tomaram durante todo o processo de composição do disco. Tomando posse de mim mesma, conquistando meus espaços internos e externos… ocupando. Estou explosiva! Gravar com Elza foi uma realização e tanta. Ela pra mim é a personificação da resistência. É um trovão, referência máxima, intensidade transbordando e inundando o mundo com poder feminino, força negra e muita verdade”, conclui.

A canção Bagagem integra o disco de 14 músicas, das quais 11 são próprias, em que Manuela se reafirma como compositora e uma das principais artistas baianas de sua geração a se lançarem com canções autorais, desde “Rotas”, seu primeiro álbum. Composta em 2012 e com produção do percussionista Gustavo di Dalva, Bagagem trata das experiências cotidianas, das trocas com outras pessoas e de como a vida é transitória e muda a cada instante.

A faixa ficou bem pop, como eu queria, o que de certa maneira é uma novidade dentro do meu trabalho, que tem um ar mais experimental”, explica Manuela. A temática integra o universo das letras do disco, que versam sobre diversas mudanças na vida de Manuela, com um mergulho na família, na origem e no que se carrega e reflete na vida. Bagagem traz uma vibração dançante e leve, com elementos percussivos e eletrônicos.

Larissa Luz – A cantora, compositora e atriz é uma grande representante da música negra contemporânea. Nascida em Salvador, Larissa despertou a atenção de grandes produtores e logo foi convidada a assumir a liderança de uma das maiores bandas afro do país: o Ara Ketu. Após quatro 4 anos à frente da banda, Larissa resolveu fazer carreira solo e lançou o disco MunDança, com composições próprias que traziam referências do rap, música jamaicana, e rock and roll.  Um ano depois, iniciou uma turnê do show intitulado MAQUINAFRO, composto por releituras eletrônicas de clássicas canções dos blocos afros da Bahia. Em 2015, Larissa dá mais um passo na carreira ao gravar seu segundo álbum autoral, Território Conquistado, previsto para lançamento no início de 2016.

O disco Território Conquistado tem produção de Larissa, Jr Tostoi, Pedro Tie e Pedro Itan. Marcado pela fusão de música eletrônica, (trap, dubstap, rap) com ritmos afrobrasileiros (ijexá, samba duro, samba-reggae) e Rock And Roll, estabelece uma relação estética direta com os movimentos AfroPunk  e Afrofuturismo.

Manuela Rodrigues – Com uma longa e significativa experiência artística e musical, a cantora e compositora Manuela Rodrigues vem conquistando espaço e reconhecimento ao longo de sua trajetória, que começou aos nove anos com estudo de flauta, piano erudito, iniciação musical, canto coral, até formar-se em Canto Lírico pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). A cantora ganhou destaque com apresentações em projetos como Petrobras de Música, Música no Porto, Música no Parque, Conexão Vivo.

Estudou música em New Orleans (EUA), passando a mergulhar no universo da experimentação musical. O reconhecimento de seu trabalho nos dois primeiros discos, “Rotas” (2003) e “Uma outra qualquer por aí” (2011), rendeu à cantora indicações e prêmios no Troféu Caymmi de Música, Festival de Música da Rádio Educadora e Prêmio Braskem de Cultura e Arte, com reconhecimento da crítica especializada e de nomes como Tom Zé.

Além de ter a composição como um traço forte em sua carreira, Manuela também se destaca pela forte presença de palco em suas apresentações. A cantora estudou teatro na UFBA e trabalha há 12 anos com preparação vocal para diversas montagens musicais como As Noviças Rebeldes (Cia Baiana de Patifaria, dirigida por Wolf Maia), Os Cafajestes, Escândalo (Fernando Guerreiro), Irmã Dulce (Deolindo Checcucci), Milagre na Baia (Rita Assemany) e muitos outros.

 OUÇA O CANAL DO NATURA MUSICAL NO SPOTIFY E SAIBA MAIS NO PORTAL

www.naturamusical.com.br