‘Não vejo ditadura gay. Vejo uma luta’, diz Paulo Betti

Comportamento, Social
9 de setembro de 2014
por Genilson Coutinho

bethe

Paulo Betti, o blogueiro Téo Pereira  da novela  “Império”, fez elogios aos homossexuais que saem do armário e buscam pelos seus direitos.

Em entrevista ao jornal Extra, do Rio de Janeiro, o ator revelou  que há muito tempo não se empolgava tanto com um personagem.

Sobre a afetação do personagem Betti  disse que encontrou dentro de si.

“Você bota para fora algum lado seu. Assustador, às vezes, quando faz um criminoso. Divertido, como é o caso deste personagem. Sou intenso, gesticulo muito. É esse gay que dá pinta que tenho dentro de mim — explica Betti, de 61 anos, “fazer uma bicha louca é um prato cheio. O difícil é encontrar o tom certo, porque tem muito especialista na área, muito entendido”.

O ator se refere à resposta dada nas redes sociais tão logo seu personagem entrou em ação.”Precisa ser muito macho para assumir a sua condição de gay. Não é uma coisa simples e fácil. Essas pessoas têm que ter direito de exercer a sua escolha. Dos meus melhores amigos, muitos são gays. Não vejo uma ditadura gay. Vejo uma luta”.