“Não sou do cast de Claudia Leitte, mas adoraria”, afirma Ju Moraes

Sem categoria
23 de janeiro de 2013
por Genilson Coutinho

A cantora baiana Ju Moraes, finalista da primeira edição do The Voice Brasil, participou do ensaio da banda “Cabeça de nós Todos” na noite da última terça-feira (22), no Pelourinho, abrindo assim o aquecimento para o Carnaval. Minutos antes de se apresentar, a cantora conversou com a nossa equipe sobre o Carnaval, os planos para a carreira e comentou sua tão falada contratação para o cast da cantora Claudia Leitte. Confira a entrevista.

 

DT: Você tem aparecido pouco em comparação com suas colegas de programa nos eventos de verão. Há algum plano para preservar sua imagem e evitar muita exposição?

JM: Não. Tenho participado de muitos eventos na medida do possível, pois é muita correria depois que saímos do programa. Só para arrumar tempo para cuidar das unhas foi uma loucura. Então vou na medida do possível e não tem nada com relação a preservação da minha imagem. A rotina que é muito corrida mesmo. Quando acabou o programa já tinha uma agenda programada que tomou todo meu tempo, mas é muito gostoso.

DT: Corre um boato na cidade de que você fará parte do cast da cantora Claudia Leitte. É verdade?

JM: Até então não sei de nada sobre isso, mas seria muito bom, pois Claudia é maravilhosa e aprendi muito com ela. Toparia sem grilos.

DT: Como estão os preparativos para o novo CD?

JM: Na verdade estou no processo de seleção das músicas. Tenho recebido materiais de compositores baianos bons que farão parte do novo trabalho. Desta vez farei um trabalho menos autoral, muito em função destas canções que tenho recebido e por escolha minha. Sem dúvida, será um trabalho muito bom e com a cara da Bahia, destes mestres da música.

DT: Você está preparando algum show?

JM: Estou sim. Agora o plano é viajar pelo Brasil e mostrar a cara da Bahia. Além da nossa música, estamos ensaiando muito para tudo correr bem. Antes disso, tem muita coisa pela frente, tenho show no dia 5 de fevereiro com as meninas do The Voice, no Zen, sem falar na correia dos ensaios de Carnaval que servirão de aquecimento para meu trio de graça para minha galera. Vem muita coisa interessante ainda este ano.

DT: E os shows na San Sebastian, irão acontecer?

JM: Vou conversar com o grupo, pois quero muito fazer uma ressaca pós-Carnaval, tipo um bailão de Carnaval. Sou fã demais da casa e do público que sempre esteve presente durante nossos shows, aos domingos. Vou fazer, podem aguardar. Vai ser muito legal.

DT: O que mudou em sua vida com a sua participação no The Voice?

JM: Mudou muita coisa, pois lá conheci pessoas legais e iguais a mim, que estão no mercado há muito tempo tentando um espaço para mostrar seu trabalho. Sem falar que ali era um encontro de feras e muitos deles já tinham suas carreiras estabelecidas, esperando apenas por um momento como esse para conquistar outros estados do Brasil através das suas musicas e das suas historias, como no meu caso e da Ellen, como outros que já eram reconhecidos e que viram no programa a possibilidade de dar um up na carreira.

DT: Depois do programa, há algum contrato de exclusividade com a Globo?

JM: Não. Com o fim do programa ficamos livres para cuidar das nossas carreiras em nossas cidades e nos prepararmos para conquistar outros espaços dentro e fora dos nossos estados. Acredito que Ellen tenha algum contrato, não com a Globo, mas sim com a gravadora responsável pelo CD. Só posso dizer que foi maravilhoso.