Museu Udo Knoff promove Curso de Iniciação em Cerâmica

Arte e Exposições, No Circuito
10 de abril de 2016
por Genilson Coutinho

O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Rua Frei Vicente, Pelourinho) promove, durante o mês de abril, o curso de iniciação em cerâmica. O curso tem como objetivo despertar habilidades artísticas nos participantes através de construção de peças diversas, texturização e manuseio de ferramentas, contando também com aulas teóricas sobre a história da cerâmica ao redor do mundo. O curso será formado por três turmas: segundas e quartas-feiras, e terças e quintas-feiras, das 14h às 15h; e aos sábados, das 14h às 16h. O projeto será ministrado pelo ceramista Sergio Centurión Centurión formado pela Escola de Artes Aplicadas de Montevidéu-ROU.

“Estamos muito felizes em termos a oportunidade de realizar esse curso aqui no Udo Knoff. É muito bom estabelecer um vínculo mais estreito entre o museu e a sociedade, por meio dessas atividades sócioeducativas e culturais”, comenta Renata Alencar coordenadora do museu.

Com vagas limitadas, o curso é pago, com o investimento destinado aos custos da oficina e ao ceramista. No momento da inscrição é necessário o pagamento da primeira parcela do curso. A segunda parcela deverá ser paga 30 dias após o início das aulas. O curso oferece material didático, certificado com carga horário de 18h e um DVD com fotos das aulas. Além disso, será realizada uma exposição com as peças confeccionadas pelos alunos no museu.

Sobre o ceramista
Residente em Salvador, Sergio Centurión Centurión nasceu em Lavalleja, no Uruguai, em 1951. O artista iniciou seus estudos em 1973, junto com o mestre Jónio Motiel, e, no ano seguinte, estudou desenho com o mestre Carlos Maria Tonelli. Em 1975 ingressou no Atelier Maldonado, em Maldonado (Uruguai), onde conheceu e desenvolveu melhor as técnicas das artes em desenho e pintura com Manolo Lima, discípulo de Torres García. Também estudou na Escola de Artes Aplicadas, em Montevidéu (Uruguai). Já foi premiado na categoria Pintura na Biennale Dárte Internazionale di Roma (Itália) e na Associação de Críticos e Comentaristas de Arte em Miami (USA). Recebeu menção honrosa da 1ª Bienal de Arte Jovem, em Montevidéu, do Salão Anual de Maldonado e do Museu de arte Latino-americana (Buenos Aires, Argentina).

Sobre o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica
Localizado na Rua Frei Vicente, no Pelourinho, o Museu Udo Knoff de azulejaria e cerâmica é o resultado da coleção particular do ceramista Udo Knoff, natural da Alemanha, radicado na cidade do Salvador, Bahia, desde o ano de 1952. “Ao vender sua coleção, Udo Knoff acreditava que a criação de um Museu de Azulejo seria a melhor forma de preservá-la, além de possibilitar a abertura de um espaço de oficinas como meio de educar a comunidade para respeitar e valorizar tal acervo”, explica Ana Liberato, diretora da Dimus. O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica integra a Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC), unidade vinculada a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Serviço: Curso de iniciação em cerâmica

Local: Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Rua Frei Vicente, Pelourinho)

Data: segundas e quartas-feiras, e terças e quintas-feiras, das 14h às 15h; e aos sábados, das 14h às 16h

Início das aulas: 05/04/2016

As inscrições devem ser realizadas no próprio museu