‘Mulher que bate como homem, tem que apanhar como homem’, diz deputado

Comportamento, Social
8 de maio de 2015
por Genilson Coutinho

Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press - Reprodução/Facebook

Durante uma sessão de debate das medidas provisórias (MP) do ajuste fiscal nesta quarta-feira, o deputado Alberto Fraga (DEM-DF) afirmou que “mulher que participa da política e bate como homem, tem que apanhar como homem”. A fala gerou discussões no plenário e nas redes sociais.

Antes da confusão, cédulas de dólar falsas foram jogadas no plenário da Câmara por sindicalistas. O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) pediu para que a Câmara utilizasse o sistema de monitoramento da Casa para identificar as pessoas que jogaram as notas falsas no plenário.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) defendeu a fala de Orlando Silva e acusou o deputado Roberto Freire (PPS-SP) de empurrá-los. “Se alguém tocar em mim vou denunciar ao Conselho de Ética da Câmara”.

Confira o vídeo:

O coronel da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal e presidente regional do DEM, Alberto Fraga, então, pegou o microfone e gritou. “Ninguém pode se prevalecer da posição de mulher para querer agredir quem quer que seja. E eu digo sempre que mulher que participa da política e bate como homem, tem que apanhar como homem também. É isso mesmo, presidente”, disse Fraga. A fala gerou uma confusão generalizada no plenário. Nas redes sociais, muitos internautas acusaram o deputado de machista e covarde.

*As informações são do O Dia.

  • EDNEI CHAGAS

    … Aécio bateu, J. Barbosa bateu e O Governador do PSDB do Paraná mandou bater … Todos inspirados na política medieval do ” Malleus Maleficarum” … Eles não se conformam em ter uma mulher no Cargo máximo do Poder Executivo e outra como Líder de bancada de um partido!!! ‪#‎LuteComoMulher‬ ‪#‎JandiraMeRepresenta‬ ‪#‎lugardemulherénapolítica