Mulher Angolana” é tema de exposição na Galeria Solar Ferrão

Genilson Coutinho,
05/11/2012 | 10h11


Na próxima quarta-feira, 07 de novembro, às 18h, na Galeria Solar Ferrão, será aberta ao público a exposição fotográfica Mulher Angolana – Ao Encontro do Desenvolvimento Sustentável?. Produzida a partir do olhar de oito fotógrafos angolanos, com o objetivo de destacar mulheres que vem contribuindo para o desenvolvimento sustentável do país africano, a mostra é composta por 34 cubos retroiluminados com fotos e histórias de angolanas das mais diversas classes sociais, entre elas, ministras, médicas, professoras, donas de casa e ambulantes. Em cartaz até o dia 09 de dezembro, a exposição integra a programação paralela do I Encontro das Culturas Negras, que acontece entre os dias 08 e 12 de novembro, em Salvador e Santo Amaro da Purificação.

A mostra é fruto de um concurso anual de fotografia promovido pelo Banco Espírito Santo Angola e World Press Photo (WPP), e conta com o apoio da Unesco e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, através da sua Diretoria de Museus. São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza já receberam a exposição e agora é a vez dacapital ibero-americana dos afrodescendentes se encantar com as belas imagens produzidas pelos fotógrafos angolanos Armando Carmo, Osvaldo Paulo, Carlos Araújo, Jaime Sebastião, Anacleto Próspero, Maaike Smulders, Pedro Paulo e Waldney Oliveira e celebrar o mês da consciência negra com arte e cultura.

Encontro das Culturas Negras – em sua primeira edição, o encontro irá reunir na capital baiana criadores, artistas, intelectuais, profissionais da cultura, gestores culturais, pesquisadores, parlamentares, lideranças e representações do movimento cultural negro com o objetivo de conferir maior visibilidade à pluralidade e a diversidade das culturas negras. O evento busca também incrementar o intercâmbio cultural, a cooperação nacional, regional e internacional sobre o tema, bem como contribuir para a formulação de políticas públicas voltadas para esta cultura identitária. A atividade integra às celebrações do Novembro Negro, iniciativa do Governo do Estado da Bahia, que reúne uma série de ações em prol da memória e consciência negra.

Serviço:

O que: Exposição Mulher Angolana – Ao Encontro do Desenvolvimento Sustentável?
Onde: Galeria Solar Ferrão – Rua Gregório de Mattos, 45, Pelourinho.
Quando: Abertura – 07 de novembro, 18h. Visitação: até 09 de dezembro, terça a sexta, 12h às 18h, fins de semana e feriados, 12h às 17h.
Gratuito