Mostra traz de volta a cartaz espetáculos indicados para Prêmio Braskem de Teatro

No Circuito, Teatro
25 de março de 2019
por Genilson Coutinho

A 5ª edição da Mostra Prêmio Braskem de Teatro começa no próximo dia 28 de março e é um momento oportuno para rever os espetáculos que concorrem a mais tradicional premiação das artes cênicas na Bahia. As peças indicadas são As tentações de Padre Cícero, Por que Hécuba?, Teatro La independência, Quem vai é o coelho, O Barão nas árvores, Gromelôs e Garatujas, O mundo das minhas palavras, Ponta d’Areia, pedaço do céu e Em família.

Os espetáculos serão encenados até 14 de maio nos teatros Castro Alves, Vila Velha, Módulo, Molière, ICBA, Isba, Arena Sesc Pelourinho e Sesc Casa do Comércio. Os ingressos são a preços populares e custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e podem ser adquiridos nas bilheterias dos teatros e pelos sites Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) e Sympla (www.sympla.com.br).
A mostra é organizada pela Caderno 2 Produções e patrocinada pela Braskem e Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. Os vencedores da 26ª edição do Prêmio Braskem de Teatro serão revelados durante cerimônia no mês de maio, no Teatro Castro Alves, em Salvador.

Teatro La independencia4. Foto Diney Araujo.jpg
Teatro La Independência é uma das peças indicadas ao Prêmio Braskem de Teatro (Foto: Diney Araújo)

Confira programação da 5ª Mostra Prêmio Braskem de Teatro:

Espetáculo: As tentações de Padre Cícero

Quando: de quinta (28) a domingo (31 de março), às 20h

Onde: Sala do Coro

Classificação: Livre

Indicado nas categorias: espetáculo Adulto, Texto (Gil Vicente Tavares), Direção (Gil Vicente Tavares), Ator (Lúcio Tranchesi) e Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia)

Sinopse: Escrita e dirigida por Gil Vicente Tavares, a peça leva para o palco o personagem Cícero Romão Batista, figura singular na religião e política do Nordeste, com participação em importantes e transformadores eventos do cenário político brasileiro, além de sua reverberação no imaginário artístico e cultural do nosso país. Em cena, o ator Marcelo Praddo repete a parceria com o músico Elinaldo Nascimento, que também atuará, e se junta aos atores Lúcio Tranchesi e Marcos Lopes e a atriz Denise Correia.
Espetáculo: Por que Hécuba?

Quando: de quinta (28) a domingo (31 de março), às 20h

Onde: Teatro Vila Velha

Classificação: 14 anos

Indicado nas categorias: espetáculo Adulto, Direção (Márcio Meirelles) e Atriz (Chica Carelli)

Sinopse: Hécuba, rainha que teve a sua vida devassada na lendária Guerra de Tróia, transborda em muitas das muitas dores do mundo de hoje. A mítica Hécuba de Eurípedes (424 a.C) e a releitura contemporânea de Matéi Visniec se encontram na reposição cênico-musical de Márcio Meirelles. Nesse terreno de contradições, os deuses do Olimpo se deleitam, do alto de seus camarotes no Carnaval, enquanto no chão da praça campeiam a violência, a impunidade e as desigualdades sociais.
Espetáculo: Teatro La Independência

Quando: Terça (2 de abril) e quarta (3 de abril), às 16h e às 20h

Onde: Teatro Castro Alves

Classificação: 16 anos

Indicado nas categorias: espetáculo Adulto, Direção (Luís Alonso), Texto (Paulo Atto), Atriz (Evelin Buchegger) e Categoria Especial (Luciano Bahia)

Sinopse: Conta a história de um grupo de artistas que reside no Teatro La Independencia, que está sendo vendido para um empreendimento. Aos artistas só restam a possibilidade de abandonar o espaço ou permitir serem relocados para outro. “Teatro La Independencia” transita então entre a realidade que se impõe e as utopias, sonhos, desejos dos atores, que são também dos povos da América Latina. Um espetáculo para atravessar diversas sensações, uma sutura em uma ferida que se abre constantemente, transita pela dor de existir em um tempo de ruínas e pela felicidade de – ainda neste tempo – persiste com nossos sonhos.

Espetáculo: Quem vai é o coelho

Quando: aos domingos, 7, 14, 21 e 28 de abril, às 11h

Onde: Teatro Módulo

Classificação: Livre

Indicado na categoria: espetáculo Infantojuvenil

Sinopse: O musical infanto-juvenil estrelado pelo Coletivo 4 narra as aventuras dos bichos que vivem num sítio. A confusão começa quando o Coelho colhe as maiores e mais belas cenouras para participar do milésimo festival, porém descobre que os vegetais estão sem sabor, o Porco decide fazer uma nova dieta detox a base de cenoura, mas adoece e a Raposa vende sementes modernas que geram muitos frutos esplendorosos, mas sem sementes. Assim, uma crise generalizada é instalada no lugar, a médica Coruja parece ter o plano mais sábio para resolver o problema, porém o Rato popstar que gosta de novidades, parece não se preocupar com a saúde dos outros animais.

Espetáculo: O Barão nas árvores

Quando: aos sábados, 13, 20, 27 de abril e 04 de maio, às 17h

Onde: Arena Sesc Pelourinho

Classificação: Livre

Indicado nas categorias: espetáculo Infantojuvenil, Ator (Marlos Lopes) e Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia)

Sinopse: O barão nas árvores conta de forma lúdica e poética a história de Cosme Chuvasco de Rondó, filho de nobres, que aos 12 anos decide subir nas árvores e nunca mais descer, se transformando num grande defensor da natureza e do meio ambiente.

Espetáculo: Gromelôs e Garatujas

Quando: aos sábados, 13, 20, 27 de abril e 04 de maio, às 16h

Onde: Teatro Molière

Classificação: Livre

Indicado nas categorias: espetáculo Infantojuvenil e Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia)

Sinopse: O espetáculo mistura teatro, música e contação de histórias para narrar as aventuras do Barão, com referências às canções e brincadeiras da cultura popular.

Espetáculo: O Mundo das minhas palavras

Quando: sábado (11 de maio) e domingo (12 de maio), às 11 e às 16h

Onde: Teatro ICBA

Classificação: Livre

Indicado nas categorias: espetáculo Infantojuvenil, Texto (Wanderley Meira), Categoria Especial (Luciano Salvador Bahia) e Categoria Especial (Mônica Nascimento)

Sinopse: De forma ágil e contemporânea, o espetáculo é uma conversa com o público sobre como os adultos, a educação formal, e a sociedade em geral vão disponibilizando as palavras para a construção da linguagem das crianças, e a maneira como as crianças vão capturando e guardando essas palavras ao mesmo tempo em que constroem sua personalidade e seu discurso pessoal, social e político.

Espetáculo: Ponta D’Areia, pedaço do céu

Quando: sábado (11 de maio) e domingo (12 de maio), às 11 e às 16h

Onde: Teatro Sesc Casa do Comércio

Classificação: Livre

Indicado na categoria: espetáculo Infantojuvenil

Sinopse: A trama desta fábula cênico musical se passa nos arredores de Ponta D’areia, um vilarejo serrano desconhecido dos mapas e cartografias. Conta a aventura do velho Filó e sua neta Tatá na busca por um metal raro que servirá de matéria-prima para a construção da Geringonça, uma máquina fantástica que os permitirá viajar espaço adentro para descobrirem os segredos escondidos das estrelas. Durante a busca, em meio à natureza ranzinza do Velho Bartô – avô paterno da menina – e ajudados por Zé da Zuada, assistente dedicado de Filó, encontrarão criaturas fantásticas e desafios que transformarão a relação entre os personagens.

Espetáculo: Em família

Quando: sábado (11 de maio) a terça (14 de maio), às 19h

Onde: Teatro Isba

Classificação: Livre

Indicado na categoria: espetáculo Adulto

Sinopse: A peça mostra de forma emocionante e divertida, os problemas de uma família típica brasileira que tem os pais idosos despejados da casa onde moram, por não conseguirem arcar com o reajuste do aluguel. Com humor e poesia o texto expõe o problema da velhice, da crise econômica vigente e do sistema previdenciário, ao denunciar as dificuldades de se viver em uma sociedade centrada nas relações de capital e trabalho, que marginaliza os mais velhos.