Ministro debate política de aids com ONGs

Sem categoria
5 de setembro de 2012
por Genilson Coutinho


O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, recebeu nesta terça-feira (4) pesquisadores e integrantes de organizações não-governamentais de enfrentamento da aids. O grupo apresentou ao ministro sugestões de construção conjunta de uma agenda de resposta à epidemia a partir dos dados epidemiológicos.
A proposta é ampliar o envolvimento de gestores, meio acadêmico e sociedade civil nas discussões sobre os rumos da política de aids do país de forma a tornar o tema pauta constante na saúde. Durante a reunião, Padilha ressaltou o esforço do Ministério da Saúde para o enfrentamento da aids, citando como exemplo a ampliação dos testes rápido para diagnosticar a doença. “A divulgação anual de dados e a experiência acumulada não nos isenta de discutir a diversidade da epidemia no país para reorientar as estratégias”, afirmou.
Padilha destacou a importância da parceria com gestores estaduais, municipais, sociedade civil para combater a doença, principalmente na população em situação de maior vulnerabilidade como gays, profissionais do sexo e usuários de drogas. “Queremos que o Brasil continue referência na luta contra a aids e o protagonismo deve ser construído com todos os setores”, afirmou o ministro. Ele lembrou que o país é exemplo global na distribuição de preservativos e no acesso universal aos antirretrovirais por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
Fonte: Agência Saúde